Wellington Dias tem reunião com Jair Bolsonaro na quinta-feira

0
Compartilhar

O governador Wellington Dias (PT) anunciou que participará, nesta quinta-feira (18), às 10h, de uma audiência virtual, com o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). A reunião será realizada com todos os governadores do Brasil.

Na pauta da reunião, está o debate sobre o projeto de socorro emergencial aos Estados e municípios para o enfrentamento dos efeitos decorrentes da pandemia do novo coronavírus. O projeto foi aprovado no Senado no dia 6 de maio, mas até hoje não foi sancionado por Bolsonaro. O programa de socorro previsto na proposta destina R$ 60 bilhões aos Estados e municípios para compensação de perdas de receita e ações de prevenção.

Ao confirmar a participação, Wellington disse que considera muito importante esse diálogo entre os governadores com o presidente da República, assim como com os municípios, a iniciativa privada e a academia. “Estamos enfrentando um inimigo comum que é o coronavírus. Esse que é inimigo tanto da saúde como da economia e há a necessidade de enfrentarmos juntos, porque já levou a óbito mais 16 mil brasileiros. Eu compreendo que neste instante há necessidade não só de diálogo, mas também medidas concretas, onde possamos unificar com um plano nacional”, comentou Dias.

De acordo com o governador, esse plano nacional servirá para enfrentar não só os desafios na saúde como a testagem de exames, ter as condições de localizar pessoas afetadas, garantir leitos suficientes de estabilização e UTIs e permitir seguir protocolos médicos desde o início da doença, mas também toda uma parte social e econômica.

“Por que tão logo tenhamos as condições de uma retomada, garantir as condições de um trabalho conjunto entre a União, Estados, Municípios e inciativa privada para a retomada do crescimento, geração de emprego, enfim, tudo aquilo que é necessário”, disse Wellington.

Reivindicações
Em recente entrevista a um jornal de grande circulação nacional, o governador Wellington Dias criticou a postura adotada pelo governo na gestão de crise provocada pelo novo coronavírus.

Conforme afirmou o governador Wellington Dias, a União ainda não cumpriu suas promessas em conceder o auxílio aos estados durante a pandemia, além de considerar um erro confiar nas promessas do atual presidente. O Governador afirmou que a pandemia já tirou cerca de 36% de toda a arrecadação do estado.

Até o momento o impacto da pandemia na economia do estado é de 36% na arrecadação se comparado ao mesmo período do ano passado. Com mais da metade das atividades econômicas voltadas para a área de serviços, a arrecadação do ICMS reflete grande impacto nas contas públicas. Wellington Dias afirma que projetos visando reerguer a economia do estado já foram apresentados à Assembleia Legislativa do estado:

“Agora, após coronavírus, vamos viver um pós-guerra. Temos de ter uma estratégia para reerguer a economia. Já apresentei para a Assembleia Legislativa um pedido de duas operações de crédito mostrando que o Estado está disposto a se endividar para ter condições de apoiar setores da economia para realizar obras de recuperação de estradas, apoiar a agricultura familiar, o turismo, os pequenos empresários”, declarou.

O Governador relembra sobre o projeto de compensação do ICMS que tramita no Congresso Nacional.

“O problema é que só estamos recebendo a compensação do Fundo de Participação do Estado, que é uma receita menor. Então, é essencial, para Estados e Municípios, esse projeto que está no Congresso de compensação do ICMS”.

Da Redação
Fonte: parlamentopiaui.com.br

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *