Volpi pega 2 pênaltis e São Paulo vence Flamengo por 4 a 1

0
Compartilhar

Em jogo cheio de alternâncias e com participação decisiva de Tiago Volpi, o São Paulo, de virada, venceu neste domingo (1º) o Flamengo por 4 a 1 no Maracanã. O Fla abriu a contagem com Pedro, mas o Tricolor construiu sua vitória com gols de Tchê Tchê, Brenner, Reinaldo e Luciano.

O nome do jogo foi o camisa 1 são-paulino. Em tarde inspirada, Volpi pegou pênaltis cobrados por Bruno Henrique (com o jogo empatado) e Pedro, quando o placar apontava vitória por 3 a 1 dos visitantes. No lance que originou o último gol, o goleiro ainda deu assistência para Luciano marcar.

Com o resultado, o Rubro-negro perdeu a chance de assumir a liderança do Brasileiro. Os são-paulinos, por sua vez, seguem com chances de levantar o título simbólico de campeões do 1º turno do Brasileiro.

Após o duelo, as equipes voltam suas atenções para outras competições. O Flamengo recebe na quarta (4) o Athletico, às 21h30, pela Copa do Brasil. No primeiro jogo, vitória rubro-negra por 1 a 0. No mesmo dia, às 19h15, o Tricolor recebe o Lanús, pela Sul-Americana. Os paulistas foram derrotados por 3 a 2 na ida.

Quem foi bem: Tiago Volpi brilha e garante triunfo
Tiago Volpi foi o nome da partida. O goleiro do São Paulo defendeu dois pênaltis na vitória sobre o Flamengo em pleno Maracanã. Ele pegou uma cobrança de Bruno Henrique no primeiro tempo da partida e, na etapa complementar, defendeu uma cobrança de Pedro. No gol de Luciano, ele deu o passe para o atacante marcar. O goleiro foi, indiscutivelmente, o nome do jogo válido pela 19ª rodada do Brasileirão.

Quem foi mal: Gustavo Henrique tem falhas cruciais
Contestado por parte da torcida, o zagueiro Gustavo Henrique deu margem para as cornetas. Quando a partida estava empatada em 1 a 1, o rubro-negro cortou mal cruzamento de Reinaldo e deixou a bola limpa para Brenner chutar e decretar a virada. No lance que resultou no empate, Natan rebateu para o meio da área e Tchê Tchê ficou livre para o arremate. Para completar a tarde do camisa 2, ele fez o pênalti que resultou no 3 a 1.

Fonte: Folhapress
Foto: Jorge Rodrigues/AGIF

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *