Vera Fischer é dispensada da Globo após 43 anos

4
Compartilhar

Estrela de novelas das Globo das décadas de 1980 e 1990, Vera Fischer entrou na lista das vítimas da política de redução de custos da emissora, que viu suas receitas caírem 30% com a pandemia e está promovendo demissões neste mês. Protagonista de clássicos da teledramaturgia, como Brilhante (1981), Mandala (1987) e Laços de Família (2000), ela foi dispensada mesmo reservada para Além da Ilusão, novela das seis que substituirá Nos Tempos do Imperador em 2021.

Em nota ao Notícias da TV, a Globo confirmou a dispensa de Vera Fischer, de 68 anos. O fim do vínculo não impede que ela volte a trabalhar em novelas ou séries no futuro. Seu retorno em Além da Ilusão vai depender de novas negociações, por obra certa, que duram apenas durante as gravações e exibições.

“Nos últimos anos, temos tomado uma série de iniciativas para preparar a empresa para os desafios do futuro. Com isso, temos evoluído nos nossos modelos de gestão, de criação, de produção, de desenvolvimento de negócios e também de gestão de talentos”, informou a emissora em nota.

“Assim, em sintonia com as transformações pelas quais passa nosso mercado, a Globo vem adotando novas dinâmicas de parceria com seus talentos. Vera Fischer, assim como outros talentos, tem abertas as portas da empresa para atuar em futuros projetos em nossas múltiplas plataformas”, continuou a Globo.

Embora a atriz esteja reservada para Além da Ilusão, a paralisação do setor de dramaturgia provocada pela pandemia do novo coronavírus ampliou o período que ela ficaria obsoleta, recebendo salário sem trabalhar. No melhor dos cenários, a nova novela de Alessandra Poggi iniciará suas gravações no final do ano, com estreia prevista apenas para o ano que vem.

Vera é a terceira veterana que a Globo confirma ter dispensado somente nesta semana. José de Abreu e Miguel Falabella também entraram na lista de cortes motivados pela nova política de contenção de despesas, que atingirá até 20% de seu quadro de funcionários, conforme antecipado pelo Notícias da TV.

Geladeira e retorno triunfal
Antes da rescisão de seu contrato, Vera experimentou um longo período na geladeira da Globo, provocado por uma indisposição com a autora Gloria Perez, que a fez refletir sobre sua carreira e também amizades. Foram cinco anos sem ser escalada para nenhum projeto –o ciclo só foi interrompido em 2018, quando emendou três trabalhos na emissora.

O fim de seu período sabático se deu em Malhação – Vidas Brasileiras. Escalada para uma participação em cinco capítulos, ela teve sua presença ampliada para 12 episódios. Em setembro, apareceu em um episódio da série Assédio e estreou na novela Espelho da Vida, que ficou no ar até abril de 2019.

Se o setor de dramaturgia da Globo não estivesse paralisado por conta da pandemia do novo coronavírus, Vera iniciaria os preparativos para sua nova personagem na TV em julho –e provavelmente não teria o contrato encerrado.

Como a produção de Além da Ilusão foi suspensa e será retomada somente no final do ano, sua participação na trama agora é incerta, já que novos fatores –incluindo a vontade da atriz– serão avaliados para mantê-la na novela.

Fonte: Folhapress
Foto: Divulgação

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *