Vasco x Cabofriense é adiado e acontecerá na manhã desta sexta-feira

0
Compartilhar

A partida entre Vasco e Cabofriense, pela Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, que aconteceria na noite desta quinta-feira (30), em São Januário, foi adiado para a manhã desta sexta-feira (31). O jogo mudou de horário devido a problemas causados pelo temporal que caiu no Rio de Janeiro nesta noite.

Com a forte chuva, um transformador da Light queimou e o estádio parou de receber energia. Funcionários da Light e do Vasco tentaram soluções para o problema, mas, até às 22h50, a luz não havia retornado ao local.

“Esticamos a corda o máximo que pudemos em função do calendário, sempre apertado, mas também temos de ir para o bom senso. Por isso, demos por encerrada a espera. O sistema não se mostrou confiável. A Luz voltou às 22h30, mas, logo depois, teve nova queda. Não posso liberar torcedores de entrar ao estádio, jogadores para irem a campo, mas sem saber se teríamos autonomia para a partida… Então, demos por encerrado às 22h40”, disse Marcelo Vianna, diretor de competições da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).

O dirigente da Ferj apontou que a presença ou não da torcida na nova data dependerá de uma conversa com a Polícia Militar.

“Agora, é conversar com a Polícia Militar e entender se tem de ser com portões fechados ou não. Se não tiver como ter efetivo, o Vasco terá de entrar em um acordo com os torcedores”.

Em entrevista concedida momentos antes da confirmação do adiamento do jogo, Alexandre Campello, presidente do Vasco, afirmou que o clube devolveria o dinheiro aos cruzmaltinos que não pudessem comparecer na sexta pela manhã.

“Vamos fazer a devolução dos ingressos a quem não puder vir amanhã. Bom lembrar que os torcedores estão fora do estádio por segurança. Foi uma orientação da polícia. Concordamos com isso porque fazer o acesso poderia colocá-los em risco”.

Ainda de acordo com Marcelo Vianna, o clássico entre Vasco e Botafogo está mantido para domingo à tarde, no Nilton Santos. Ele recordou que, na próxima semana, o time comandado por Abel Braga tem a partida contra o Oriente Petrolero, da Bolívia, pela Copa Sul-Americana.

“O clássico do próximo domingo está normatizado no regulamento. Não tem nada que impeça. O Botafogo jogou hoje à noite e terá algumas horas de descanso a mais, sim, mas em função da questão climática. São Januário foi afetado e temos de passar para amanhã às 11h. Se tivesse espaço no calendário, faríamos, mas não tem espaço. O Vasco tem agenda no meio da semana. A partida [clássico] está mantida”.

Inicialmente, o jogo estava marcado para às 21h30 e, posteriormente, passou para 22h. Enquanto o problema não era resolvido, o Batalhão Especial de Policiamento em Estádio (Bepe) não autorizou a abertura dos portões por motivos de segurança.

Diante dos imprevistos, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) realizou uma reunião com a diretoria do clube e se chegou a ter a expectativa de um início às 23h05, mas os planos mudaram após nova queda de energia. Desta forma, ficou decidido que o duelo acontecerá na manhã desta sexta-feira.

Fonte: Folhapress
Foto: Dhavid Normando/Estadão Conteúdo

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *