Vasco vence o Goiás e se afasta da zona de rebaixamento do Brasileirão

Neste domingo (11), Goiás e Vasco se enfrentaram no estádio Serra Dourada, às 19 horas, para fazerem o último jogo do dia pela 14° rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Em uma partida bastante truncada, a equipe carioca venceu por 1 a 0, gol de Marcos Júnior, e se afastou da zona de rebaixamento pela primeira vez nesta edição do principal torneio nacional. Esse foi o primeiro triunfo do clube cruz-maltino jogando fora de casa nesta edição do Brasileirão, fato que dá cada vez mais ânimo ao grupo e torcedores para o restante da temporada.

Com o resultado, o Vasco consegue três pontos importantes na briga para fugir do rebaixamento, pois neste momento o clube carioca até a seis pontos do Cruzeiro, 17° colocado na tabela de classificação. Já pelo lado do Goiás, o momento é de muita incerteza, já que o clube brigava pelo G6 e agora vê a zona de descenso cada vez mais perto.

O jogo começou bem equilibrado, com o Goiás propondo mais o jogo, porém com o Vasco marcando bem e partindo em contra-ataque nos momentos em que o time da casa oferecia espaço. Até os quinze minutos iniciais, nada de perigo para os dois goleiros, muito pelas defesas sólidas do que pela falta de vontade, pois os dois times se movimentavam muito bem e buscavam o jogo.

O primeiro grande lance da partida aconteceu aos 17 minutos, quando Talles cortou para o meio e bateu forte no canto esquerdo, obrigando o goleiro Tadeu a fazer uma excelente defesa. Quatro minutos depois, veio o gol do Vasco. Depois de receber um bom passe na entrada da área, Marcos Júnior bateu com força, cruzado, sem qualquer chance para o arqueiro goiano.

O segundo tempo, o Vasco teve uma grande chance de ampliar o placar, porém o atacante Thalles chutou muito fraco, após a bola ficar livre para ele, de rente para o goleiro Tadeu. Depois da chance perdida, o jogo ficou ainda mais truncado e as chances claras de gol ficaram cada vez mais raras.

Com isso, o Vasco conseguiu se manter sólido defensivamente e neutralizar a saída rápida dos atacantes do Goiás, que naquele momento já estavam bastante exaustos e sem muito poder de reação. Os donos da casa até tiveram chances de empatar, principalmente aos 39 minutos, quando Rafael Moura cabeceou por cima do gol depois de ótimo cruzamento pela direita.


Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *