Usuários denunciam aglomeração no transporte público de Teresina

0
Compartilhar

Apesar da Strans (Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito) determinar nesta segunda-feira (24) que as operadoras aumentem em até 40% o número de viagens nos horários de pico, para que todos os passageiros se desloquem sentados nos ônibus que circulam na capital, a medida ainda não foi implantada e os ônibus estão circulando sem seguir as normas de distanciamento social em Teresina.

Nesta terça-feira (25), os ônibus de transporte público permaneciam lotados, com aglomerações e sem o distanciamento social. Vários passageiros reclamaram da lotação dos ônibus e pediram providência por parte da Prefeitura de Teresina.

Um usuário de ônibus da zona Sul de Teresina, que pediu para não ser identificado, lamentou que além da longa espera por ônibus, agora tem que arriscar a sua vida para ir trabalhar.

“Além da longa demora por espera de um ônibus, agora temos que arriscar nossas vidas em meio a essa aglomeração. Mas é assim mesmo, só podemos contar com a proteção de Deus, pois quem pode nos ajudar, simplesmente cruza os braços”, lamenta.

A assistente administrativa Vânia Dias também protestou com o descaso da Prefeitura de Teresina com as aglomerações no transporte público de Teresina.

“Meu trabalho não parou na pandemia e no início já tinha problemas com aglomerações no transporte alternativo. Mas agora com a flexibilização das atividades comerciais, é aglomeração todos os dias. Já tínhamos dificuldades com a espera de ônibus, porém com esta aglomeração, não tem como não contrairmos covid-19”, destaca.

O outro lado
O número do telefone que foi fornecido à reportagem para saber do posicionamento da Strans em relação à aglomeração não foi atendido e até o fechamento da matéria não foi possível manter contato com a instituição responsável normatizar o trânsito em Teresina.

Da Redação
Fotos: redes sociais

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *