Teresina tem mais de 154 mil pessoas com Covid-19, aponta pesquisa

0
Compartilhar

O número de positivados para a Covid-19 em Teresina é de 154.721 pessoas, segundo a 19ª Pesquisa de Investigação Sorológica, realizada pela Prefeitura entre 04 e 06 de setembro. Os dados foram apresentados na manhã desta quarta-feira, 09, durante videoconferência pelo prefeito Firmino Filho, que mostrou também outros dados indicando que a capital continua em tendência de queda nos casos e mortes por coronavírus.

“Essa etapa da pesquisa mostra que a maioria das pessoas está possivelmente imunizada, ou seja, um total de 81.641 pessoas estão na fase de infecção remota. Além disso, Teresina possui 20.151 pessoas com infecção recente, o que significa que estão com o vírus ativo e na fase de transmissão”, explicou o prefeito Firmino Filho.

A quantidade de pessoas com o vírus identificada na sondagem é seis vezes maior que os 25.115 casos confirmados oficialmente pelo Centro de Operações de Emergência (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) no momento da coleta dos dados. Nesta etapa da sondagem, a zona Sul lidera o ranking de casos de Covid e aparece com 43% de pessoas infectadas com o Coronavírus. Em seguida aparece a zona Norte, registrando 24% dos casos. A zona Sudeste representa 19% dos casos, e a zona Leste confirmou 14% das pessoas da região com a doença.

A pesquisa não registrou casos positivados nas pessoas com idade acima de 70 anos. A faixa etária entre 35 e 44 anos foi a mais infectada com o novo Coronavírus e apresentou 29% dos casos. Em seguida aparecem as idades entre 25 a 34 anos e 45 a 54 anos, com 24% e 19% dos casos, respectivamente. A faixa etária de 0 e 14 anos registrou 14% dos casos. Por último, pessoas com idade entre 15 e 24 anos representam 5% dos casos positivos para a Covid-19.

Durante a videoconferência, o prefeito também apresentou dados relativos aos atendimentos na rede de saúde da capital. O Painel Covid-19 confirma uma redução significativa no número de atendimentos por síndromes gripais e óbitos decorrentes da doença. Considerando a média móvel de 14 dias, houve uma queda de 38,89% no total de óbitos registrados.

“A maior parte dos atendimentos de pessoas com sintomas gripais em Teresina aconteceu na ultima semana de junho, quando mais de 20 mil pessoas foram atendidas. Já na última semana, este número caiu para 8.923 atendimentos. Isso representa mais de 50% de queda da doença na nossa cidade, e é importante ressaltar que essa redução tem permanecido mesmo com a continuidade do processo de retomada da economia. Isso nos certifica de que estamos avançando dentro da estratégia de retorno gradual e que precisamos manter todos os cuidados”, acrescentou Firmino Filho.

Com informações da Ascom

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *