Soldado mata pessoas a tiros na Tailândia; mortos podem chegar a 17

1
Compartilhar

Um soldado tailandês matou neste sábado (8), segundo fontes oficiais, “muitas” pessoas a tiros na cidade de Nakhon Ratchasima, no nordeste do país, a cerca de 250 km de Bangkok. Não há confirmação oficial do número de mortos. De acordo com a imprensa tailandesa, pelo menos 17 pessoas morreram e outras 14 ficaram feridas.

Um porta-voz do Ministério da Defesa disse à BBC que o soldado atacou seu comandante antes de abrir roubar uma arma e munição de um campo militar. Ele então abriu fogo em um templo budista e em um shopping center da cidade.

“O homem usou uma metralhadora e disparou contra vítimas inocentes, o que deixou muitos mortos e feridos”, disse um porta-voz da polícia à AFP.

Vídeos publicados nas redes sociais parecem mostrar o suspeito saindo de um veículo em frente ao shopping. As imagens mostram ainda cenas de pânico e pessoas fugindo apavoradas do local —é possível ouvir o barulho dos disparos. Outras imagens mostraram ainda um incêndio do lado de fora do prédio.

O agressor não foi capturado até o momento e está sendo procurado pela polícia. Ele estaria escondido dentro do shopping onde aconteceu o ataque.

O suspeito postou em suas contas de mídia social durante o ataque. Segundo a BBC, ele perguntou no Facebook se deveria se render. Antes, ele havia postado uma imagem de uma pistola com três conjuntos de balas, juntamente com as palavras: “Está na hora de ficar animado”.

Segundo o Bangkok Post, a conta do soldado na rede social já foi desativada.

*Com agências internacionais

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *