Sejus realizará testes rápidos para Covid-19 em todos os detentos

4
Compartilhar

A Secretaria de Estado de Justiça – Sejus – anunciou nesta quinta-feira (18) que realizará testagens para identificar a COVID-19 em todos os detentos antes destes adentrarem ao sistema prisional, como determina a portaria publicada, nesta terça-feira (16), pela Polícia Civil do Estado do Piauí.

Segundo o diretor de Inteligência da Sejus, Charles Pessoa, a medida reforçará as ações de prevenção do coronavírus nas unidades penais.

“Inicialmente, os detentos, antes de serem encaminhados às unidades, passavam por um período de acompanhamento, e se apresentassem algum sintoma, eram submetidos ao teste. Porém, o Secretário Carlos Edilson entendeu a necessidade de aprimorarmos os protocolos de saúde nos nossos presídios. Assim, todos os detentos, independentemente de estarem com os sintomas do vírus, realizarão o teste antes de serem incluídos no sistema”, explica.

A coordenadora de Saúde Prisional, Daiane Turke, ressalta que, caso o teste dê positivo, o detento será mantido em isolamento e será acompanhado por uma equipe médica.

“Essa medida é importante pois possibilitará o diagnóstico precoce. Dessa forma, poderemos seguir as condutas determinadas pelos órgãos de saúde, isolando o detento e realizando o tratamento correto. Já os policiais penais que testarem positivo, serão imediatamente afastados do serviço, para que possam cuidar da sua saúde e evitar o contágio aos demais”, diz.

Ações de saúde nos presídios
A Sejus recebeu, na última semana, testes rápidos do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) para o combate ao novo coronavírus. Além disso, também foram entregues materiais e equipamentos de proteção individual, como máscaras de proteção, óculos e sabonete líquido.

Já a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí, a SESAPI, entregou 1000 testes rápidos, que serão destinados aos servidores e detentos do sistema prisional do Estado.

O secretário de Justiça, Carlos Edilson, afirmou que esses materiais fortalecem as ações de saúde nas unidades.

“Essas doações proporcionam uma maior efetividade da segurança e proteção para os nossos servidores e internos. Somamos essa iniciativa às ações que estamos realizando desde o início da pandemia, como a adoção de protocolos diários de limpeza e higienização em todas as unidades penais”, conclui.

Da Redação
Com informações da Ascom

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *