Sejus realiza Operação Fim de Ano no sistema prisional do Piauí

0
Compartilhar

A Secretaria de Estado da Justiça deu início, nesta segunda-feira (30), à Operação Fim de Ano, que começou com uma grande vistoria na Penitenciária Professor José Ribamar Leite, a antiga Casa de Custódia de Teresina. A operação seguirá até o início de janeiro de 2021 com ações em todas as unidades penais do Estado.

Na primeira ação do planejamento das equipes da Sejus, foi feita uma grande vistoria em todos os pavilhões da Penitenciária Professor José Ribamar Leite. Os policiais penais da unidade, do Grupo Tático Prisional (GTP) e militares do Rocap e da Assistência Militar da Sejus finalizaram o procedimento e não foi encontrado nenhum celular, droga ou qualquer outro ilícito que pudesse comprometer o andamento da rotina carcerária do local. Estiveram em ação 45 policiais penais e nove militares.

Segundo o secretário de Justiça, Carlos Edilson, o objetivo da operação é assegurar a manutenção da ordem e da disciplina no sistema prisional piauiense. “Com bastante alegria, ao concluir essa operação, não encontramos nenhum material ilícito na unidade, coisa que, antigamente, ao fazermos esse mesmo procedimento encontrávamos diversos aparelhos celulares e armas brancas. Parabenizo a direção da unidade e todos os policiais penais que compõem esse presídio fazendo com que nós tenhamos uma unidade tranquila, e, consequentemente, uma sociedade em paz”, frisou o gestor.

Em 2019, na mesma época, a operação encontrou 37 celulares, 15 baterias, 469 pilhas e 44 ferros. Após a implantação de procedimentos, novas rotinas carcerárias e projetos que fomentam a ressocialização dos internos, a Sejus conseguiu evoluir e zerar a quantidade de ilícitos na unidade penal. As revistas minuciosas da Operação Fim de Ano seguirão até o início de 2021.

Da Redação

Postagens Relacionadas