Rebelião na Irmão Guido é controlada pela Tropa de Choque

4
Compartilhar

Policiais da Tropa de Choque da Polícia Militar do Piauí controlaram neste domingo (21) a rebelião na Penitenciária Irmão Guido, na zona Sul de Teresina. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi).

De acordo com o comandante da Tropa de Choque, Tanaka Hitller, a rebelião foi controlada após cerca de 30 policias serem deslocados até o local. A motivação da rebelião será investigada e ainda não se sabe se houveram fugas.

“A tropa de choque foi para lá, encerrou e agora vamos ver o que causou essa rebelião. Vamos agora fazer a contagem, mas provavelmente não houve (fugas)”, afirmou o capitão.

Ainda não há informações de quantos presos estão envolvidos e dos motivos da rebelião, sendo que o trabalho da forças de seguranças será recontagem de presos e saber os motivos da rebelião.

Entenda o caso
Os internos da da Penitenciária Irmão Guido, localizada na BR 316, começaram uma rebelião neste domingo (21). De acordo com o capitão Tanaka Hittler, comandante da Tropa de Choque da Polícia Militar, os policiais estão no presídio tentando controlar a situação. O capitão informou que cerca de 20 PMs foram deslocados para o local.

Segundo informações da Polícia, os presos quebraram várias grades da penitenciária e serraram barras de ferros. A Secretaria de Justiça do Estado (Sejus) ainda não se pronunciou sobre a rebelião.

Da Redação

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *