Projeto Solares capacita jovens para o mercado de energia solar

A Secretaria Municipal da Juventude (Semjuv) deu início na quarta-feira (07) às aulas práticas do projeto Solares, que busca capacitar os teresinenses para o mercado de energia solar.
Nesta primeira fase, foram oferecidas 60 vagas; o curso permite que os jovens, ao final, possam efetivar a montagem de Sistemas Fotovoltaicos Conectados à Rede. Ou seja, eles já tiveram aulas teóricas e agora estão adentrando na parte prática, que consiste na montagem de um sistema de energia solar.

Segundo o secretário municipal da Juventude, vereador Zé Filho, o projeto Solares pretende chamar a atenção dos jovens para uma nova área do mercado de trabalho que está em franca expansão. “É importante que os jovens percebam que essa é uma área em franca expansão no mundo todo. Então, é uma oportunidade que se abre em nível nacional para nossos jovens teresinenses, já que essa tecnologia está ainda chegando no país”, afirma.

O Solares prevê que o curso tenha 30 horas de duração, com 20 horas de parte teórica, e outras 10 de aulas práticas. O projeto foi viabilizado pela Prefeitura de Teresina, e também por recursos de emendas parlamentares empenhadas pelos vereadores Neto do Angelim e Luiz Lobão.

O projeto Solares foi dividido em 6 módulos com tópicos principais e subtópicos: Módulo 1: Equalização de Conceitos; Módulo 2: Legislações Aplicáveis; Módulo 3: Segurança no Trabalho; Módulo 4: Equipamentos e Componentes Fotovoltaicos; Módulo 5: Sistemas Fotovoltaicos e o Módulo 6: Etapas de Processo para Aquisição. As aulas são proferidas pelos instrutores Carlos Eduardo e José Augusto, que reiterou a relevância do Solares. “Este curso é de suma importância para a vida dos alunos pois traz consigo uma oportunidade única, o curso tem como objetivo a capacitação dos jovens para que eles possam atuar com profissionalismo e responsabilidade em uma das áreas que mais crescem e requerem bons profissionais no mercado de trabalho, a energia solar fotovoltaica. Os meninos estão tendo a oportunidade de aprender as boas práticas de um profissional Instalador Fotovoltaico, além é claro de os conscientizar para o uso inteligente e sustentável de energia elétrica”, frisou.

Fonte: Ascom


Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *