Plataforma vai mapear UTIs e respiradores disponíveis no país

1
Compartilhar

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) informou que vai liberar para o Ministério da Saúde uma plataforma desenvolvida com a ajuda da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) para o mapeamento de unidades de terapia intensiva (UTIs) disponíveis para tratar pacientes contaminados pelo novo coronavírus (covid-19).

Segundo a ABDI, a ferramenta vai possibilitar também a localização dos cerca de 65 mil ventiladores pulmonares existentes no país, tanto no sistema de saúde público como no privado.

O Ministério da Saúde informou à Agência Brasil que tem recebido “dezenas de soluções tecnológicas” para o monitoramento e enfrentamento da pandemia, e que todas as sugestões “estão sendo consideradas pelas equipes técnicas e, em tempo oportuno, as que forem viáveis poderão ser utilizadas pela pasta”.

A plataforma de business intelligence com inteligência artificial desenvolvida pelas duas agências conseguem também dados de quais equipamentos precisam de manutenção. Segundo a ABDI, a plataforma ajudará o governo a decidir para onde enviar os novos ventiladores encomendados e fabricados para combater a pandemia.

Por meio de nota, o cientista de dados da ABDI, responsável pela elaboração da ferramenta, Michel Ângelo Constantino, explicou que a vantagem da plataforma é prover o governo das “informações necessárias para tomar decisões rápidas e fazer a gestão equilibrada tanto das UTIs quanto do uso dos ventiladores”.

A plataforma será atualizada diariamente pelas agências e a gestão ficará a cargo do Ministério da Saúde.

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *