Piauí deve alcançar os 800 mil hectares de soja na safra 20/21

0
Compartilhar
O 10º Levantamento de Grãos, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), mostrou a expectativa de que sejam produzidos 4,7 milhões de toneladas de grãos no Piauí, um aumento de 6,8% em relação à safra anterior.  Segundo o presidente da Associação de Produtores de Soja do Piauí (Aprosoja Piauí), Alzir Neto, os números da Conab reafirmam as perspectivas que a Aprosoja já havia feito e divulgado.Há a projeção ainda mais otimista para a safra 2020 /2021. O Piauí deve alcançar números ainda maiores com a área plantada de soja chegando aos 800 mil hectares.  A pesquisa comprovou o crescimento na produtividade do milho que em parte tem a ver com a questão climática. A coleta dos novos dados foi realizada entre os dias 22 a 27 de junho. “A estimativa nossa em relação a soja algo em torno de 785 mil hectares”, explica. Esse aumento foi impactado pelo fato das primeiras chuvas, que geralmente acontecem de outubro a dezembro terem ocorrido apenas em janeiro e isso fez com que alguns produtores migrassem para o milho”, explica.A área plantada de soja se manteve estável em 758,9 mil hectares. Com a colheita já concluída, a produtividade estimada é superior à da safra anterior em 2,2%, atingindo os 3.129 kg/ha, o que resulta em uma produção de 2,4 milhões de toneladas. O aumento na área atual foi de 14,8% com relação à safra passada. Na primeira safra atingiu 429,1 mil hectares. A produtividade média do milho também foi importante. No Piauí ela gira em torno dos 4.505 kg/ha, correspondendo a um aumento de 13,6% em relação à safra passada.A situação é animadora no sentido de que mais uma vez se comprova a importância do setor para a economia do Piauí, no entanto continua preocupando os produtores o fato de que o setor cresça, mas permaneça obrigado a trabalhar em condições precárias de infraestrutura como é o caso das estradas da região. Um exemplo é o trecho de 16km da PI -392 que mesmo com o dinheiro garantido e licitação realizada espera há pelo menos 7 anos para ser asfaltada. Por este trecho passam cerca de 60% desta produção de grãos. Outra expectativa grande é a conclusão dos trechos de PI-397, a chamada Transcerrado que o Governo do Piauí pretende realizar através de uma parceria público privada.Fonte: ASCOM
Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *