PF investiga fraude de 5 milhões na construção de casas habitacionais em Teresina

0
Compartilhar

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (17) a Operação Adikia, objetivando combater fraude do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) de valores que deveriam ser destinados a construção de casas habitacionais em Teresina/PI.

Cerca de 60 policiais federais estão dando cumprimento a 15 mandados judiciais expedidos pela Justiça Federal de Anápolis/GO, sendo 14 mandados de busca e apreensão e 1 mandado de prisão, além de mandados de sequestro de imóvel em condomínio de luxo e veículos automotores, avaliados em aproximadamente 2 milhões de reais.

A investigação identificou que um então advogado e principal investigado (atualmente com suas inscrições na Ordem dos Advogados de Goiás e São Paulo canceladas) ingressou com ação judicial, utilizando-se de uma falsa representação (atuando sem procuração) e, com argumentos fictícios e fraudulentos, obteve a transferência de aproximadamente R$ 5 milhões para uma conta judicial em Corumbá de Goiás/GO. Posteriormente, foram transferidos para a conta bancária dele, sendo os valores pulverizados, a partir de então, para diversas outras contas.

A presente etapa da operação contribuirá com a identificação de outros possíveis autores e partícipes que eventualmente colaboraram com o crime principal, bem como com o destino dado aos recursos públicos ilicitamente apossados, seja por meio de transferências para terceiros, aquisição de bens ou incorporação patrimonial.

Fonte: Comunicação Social da Polícia Federal em Goiás
Foto: Divulgação/PF

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *