Parque Rodoviário: famílias têm acompanhamento e recebem cestas básicas

As famílias vitimadas pela tragédia que atingiu a região do Parque Rodoviário, em abril deste ano, vêm participando de grupos de acompanhamento. As ações acontecem mensalmente e, além da distribuição de cestas básicas, buscam oferecer orientações sobre os serviços ofertados pelos Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

A gerente de Proteção Social Básica (GPSB) da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Kânia Britto, falou sobre as informações dadas à população nesses encontros.

“As cestas continuam sendo entregues, conforme a demanda inicial. Além disso, todas as famílias são acompanhadas individualmente e em grupo. Nos encontros são discutidas diversas temáticas. A deste mês, por exemplo, foi sobre os serviços ofertados pelo CRAS”, disse. Ressaltou, ainda, a importância das orientações.

“Percebemos que várias famílias não sabiam como buscar auxílio e, como a porta de entrada de qualquer serviço da proteção social básica deve ser o CRAS, observamos a necessidade de trabalhar esse tema”, explica Kânia.

Atualmente, 80 famílias estão inclusas nos programas socioassistenciais oferecidos pela Prefeitura de Teresina por meio da Semcaspi. De acordo com Kânia, todas as famílias estão com seus benefícios em dia.

“Com relação ao aluguéis, nós acordamos com eles, em reunião no mês de maio, que esses benefícios seriam depositados mensalmente no quinto dia útil em conta. Disponibilizamos os nomes para o CRAS, para que acompanhassem essas famílias. Na última segunda-feira (12), o benefício estava nas contas das três agências definidas para recebimento do Cidade Solidária”, reforça.

As obras que buscam reconstruir a região atingida pela tragédia já estão sendo finalizadas pela Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU Sul). Ao todo, serão entregues 55 casas, sendo 25 construídas e 30 recuperadas. As famílias que ainda estavam em áreas de risco também já foram realocadas após a desapropriação de um terreno próximo.

Cidade Solidária
O Cidade Solidária é um programa que atende famílias em situações emergenciais de desabrigamentos sofridos em consequência de chuvas, infortúnios, incêndios, alagamentos, transbordamentos de rios ou lagoas e outras situações de vulnerabilidades temporárias. O trabalho é executado pela Semcaspi em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDUs) e Superintendência de Desenvolvimento Rural (SDR).


Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *