Paixão de Cristo de Floriano deve atrair cerca de 10 mil pessoas

5
Compartilhar

Pelo 25° ano, a cidade de Floriano será palco da Paixão de Cristo. As apresentações serão nos dias 10 e 11 de abril, no Teatro Cidade Cenográfica, às 20h, com entrada franca. O evento foi lançado nesta terça-feira (10), no auditório da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), com a presença de produtores, atores e gestores do município de Floriano.

“É uma história que fala de amor e é bastante interessante nesse momento que estamos passando. É também um trabalho importante para os artistas e para a cidade de Floriano, que recebe turistas e pessoas que amam a arte neste período. Temos a segunda maior Paixão de Cristo do Nordeste com a nossa cidade cenográfica totalmente espaçosa, um teatro em forma de arena onde cabe muitas pessoas, muitos espectadores e o que gera emprego e renda direta e indiretamente”, destacou a diretora administrativa da Secult, Bid Lima.

Apresentado pelo grupo Escândalo Legalizado de Teatro (Escalet), o espetáculo é considerado a maior Paixão de Cristo do Piauí, com 350 atores e 20 cenas que contam a história de Jesus do batismo à ressurreição, atraindo milhares de espectadores, famílias, jovens e crianças, tornando-se um dos maiores eventos de cunho cultural e religioso do estado do Piauí e do Brasil.

paixão de cristo

A secretária da Cultura de Floriano, Elineuza Ramos, destacou que o espetáculo é um dos maiores do Brasil e segundo maior a céu aberto, onde há toda uma preparação. “Floriano é uma cidade muito cultural e a gente vive essa efervescência o ano todo. Então, para que um espetáculo desse aconteça, há uma preparação desde o colégio de atores, a festivais, cursos de cinema e teatro, onde, além daquele público, já cativo, e daqueles atores veteranos, são também recrutados novos atores”, disse Elineuza.

Segundo o produtor cultural e um dos fundadores do Grupo Escalet de Floriano, César Crispim, já está praticamente tudo certo para os dois dias de espetáculo. “Os ensaios começaram desde janeiro. Estamos finalizando figurino, cenários e este ano nós temos uma grande mudança no texto, porque estamos aproximando a linguagem mais para o coloquial transformando o evangelho de Jesus em palavras simples que possam tocar o coração do espectador”, garantiu Crispim.

Sobre o público esperado, o produtor informou que todos os anos o espetáculo recebe entre oito e dez mil pessoas. “Acredito que nós vamos ter isso ou até mesmo superar”, afirmou César.

Elenco
A Paixão de Cristo deste ano vai contar com quatro atores nacionais: Ana Cecília Costa, Miguel Rômulo, Rafael Viana e Kadu Moliterno. “Os quatros são selecionados justamente pelo talento, pela contribuição que eles têm dado principalmente à dramaturgia nacional e são escolhidos para agregar valor ao espetáculo e dar uma projeção a nível nacional do que vem ocorrendo na cultura local”, disse Crispim.

Com 50 anos de profissão, Kadu Moliterno vai comemorar com a Paixão de Cristo de Floriano. “São cinquenta anos de profissão e estou comemorando aqui no Piauí. Estou muito feliz porque eu já fiz o Pilates lá em Pernambuco, que foi uma emoção enorme. Achei que nunca mais ia atuar para mais de dez mil pessoas. De repente me aparece um convite desse que vem coroar os meus cinquenta anos de profissão. Desejo que todo piauiense compareça e vá se emocionar com este grande espetáculo. Será um momento único”, garantiu o ator.

A atriz de Floriano Cássia Tapety participa há cinco anos do evento. “São 350 atores que fazem parte do espetáculo, há cinco anos faço parte do elenco. Comecei como figurante e este ano vou interpretar um personagem. Já participei de oficina para atores e essa é uma das nossas preocupações, com a reciclagem anual dos nossos conhecimentos”, explicou a jovem.


Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *