Nadal evita virada histórica e é tetra do US Open em jogão de mais de 4h

Daniil Medvedev, atual número 5 do mundo, foi um adversário digno na final do US Open neste dfomingo (8). Fez Rafael Nadal jogar fora de sua zona de conforto, ganhou ralis, executou jogadas espetaculares, venceu dois sets quando a partida parecia perdida e forçou um dramático quinto set. O Rei do Saibro, porém, só perdeu um jogo de slam na vida depois de abrir 2 sets a 0 e mostrou mais uma vez por quê. Topou o duelo tático do rival, usou todos os golpes de sua espaçosa caixa de ferramentas e freou a reação do azarão. No fim, brilhou quando mais precisava, fez 7/5, 6/3, 5/7, 4/6 e 6/4 e conquistou seu quarto título do torneio nova-iorquino. Foram 4h51 de duelo.
Atual número 2 do mundo, Nadal agora tem no currículo 19 títulos em eventos do Grand Slam e encosta no recorde de Roger Federer, maior campeão de slams em simples da história do tênis masculino, com 20 conquistas. O espanhol também se tornou o primeiro tenista da Era Aberta (a partir de 1968) a vencer cinco slams depois de completar 30 anos.

Além disso, com os dois mil pontos somados em Nova York, Rafa se aproxima perigosamente de Novak Djokovic na briga pela liderança do ranking mundial. Quando a ATP atualizar sua lista na segunda-feira, o sérvio terá 9.865 pontos contra 9.225 do espanhol. Depois de conquistar Wimbledon, no dia 25 de julho, Nole tinha 4.470 pontos de frente. A diferença agora será de apenas 640.

Mais de uma hora de primeiro set
O primeiro set foi parelho e, em vez da pancadaria da maior parte das partidas do tênis moderno, foi um duelo tático, com os dois tenistas utilizando variações de velocidade e altura de bola. Nadal começou instável do fundo de quadra e sem encontrar seu primeiro saque e pagou o preço no terceiro game, perdendo o serviço. Medvedev, contudo, não aproveitou a vantagem por muito tempo. O #2 do mundo agrediu mais no quarto game e devolveu a quebra imediatamente quando o russo errou uma esquerda. A partir do 2/2, Rafa passou a confirmar com mais facilidade. Medvedev tinha mais trabalho e precisou salvar três break points no oitavo game, mas jogava bem em todos pontos importantes. No 12º game, contudo, Nadal elevou o nível. Com um voleio vencedor e um forehand indefensável, chegou a dois set points. O azarão salvou o primeiro com um rali, mas subiu à rede e errou um voleio difícil em seguida. Game e primeiro set, Nadal: 7/5.

O duelo tático continuou na segunda parcial, e Medvedev teve um break point logo no primeiro game. Nadal se segurou, e foi a única chance que o russo teve em todo o set. Rafa voltou a dominar seus games de saque e, assim como na parcial anterior, teve de suar para chegar a uma quebra, já que o azarão salvou quatro break points no quarto game. No sexto, porém, o veterano elevou o nível mais uma vez. Com um ponto espetacular, onde usou slice curto, backhand alto e forehand agressivo na paralela, Rafa conquistou mais duas chances de quebra. Com uma devolução agressiva, forçou um erro do rival e abriu 4/2. Depois disso, só precisou confirmar o saque até fazer 6/3.

Medvedev luta, Nadal perde chances
Medvedev vinha perdendo o jogo mesmo em condições táticas melhores para seu jogo. Assim, não havia muito a fazer a não ser executar muito melhor seu plano ou torcer para que o favorito sofresse uma queda de rendimento. Nenhum dos dois acontecia e, no quinto game do terceiro set, uma direita longa de Medvedev deu mais um break point a Nadal. No ponto seguinte, o espanhol ficou na defensiva, mas usou bem slices para se manter no rali e foi recompensado quando o russo jogou uma bola na rede.

Sacando em 3/2, Rafa parecia com a vitória encaminhada, mas vacilou no sexto game. Com 30/30 no placar, errou um voleio fácil e cedeu um break point. Na sequência, mandou um backhand longo e perdeu o saque. O jogo, então, ganhou em emoção com os dois fazendo uma sequência de pontos espetaculares no nono game. Nadal venceu o rali mais longo do jogo (28 bolas), mas o russo escapou da quebra quando o espanhol errou um smash do fundo da quadra no break point. A sobrevida deu confiança ao azarão, que decidiu arriscar no 12º game. Com duas ótimas direitas paralelas, chegou a três set points. No segundo, converteu a quebra com uma esquerda vencedora: 7/5.

Medvedev brilha nos pontos importantes
A partida se alongava e ganhava em drama. Medvedev teve um break point logo no segundo game do quarto set, mas desperdiçou ao jogar uma esquerda na rede. No quinto, foi a vez de Nadal ter chances, mas o russo se salvou com duas bolas vencedoras. E foram mais winners de Medvedev em subidas à rede do espanhol que decidiram a parcial. No décimo game, com 4/5 no placar, o espanhol errou um forehand para ceder set point ao russo. Nadal, então arriscou um saque-e-voleio e tomou uma passada incrível que definiu a parcial e mandou o jogo para o quinto set: 6/4.

Medvedev, que nunca havia vencido um jogo de cinco sets na vida, tinha o momento a favor, mas não conseguiu converter os três break points que conseguiu no começo do set. Nadal, que foi brilhante para manter o serviço, foi espetacular no quinto game. O russo tinha 40/0, mas mandou seguidas esquerdas na rede e abriu as portas para o favorito. Nadal, então, teve dois break points. Medvedev salvou o primeiro com um ace, mas Rafa venceu um rali espetacular para quebrar e abrir 3/2.

Nadal aproveitou o embalo e cresceu. Confirmou o saque e, no embalo, quebrou o russo novamente para fazer 5/2. O drama, contudo, ainda não havia acabado. Medvedev seguiu lutando e conseguiu devolver uma das quebras, diminuindo a diferença para 3/5. O azarão ainda salvou dois match points no nono game – um deles, com uma esquerda vencedora – e forçou Rafa a sacar para o título mais uma vez com 5/4.

Nadal sentiu o momento – e parecia também sentir o cansaço – e, com problemas para conseguir encaixar o primeiro saque, se viu com diante de mais um break point, mas se salvou atacando com uma direita. Em seguida, fez uma curtinha perfeita e chegou ao terceiro match point. Com um ótimo saque, finalmente fechou o jogo.

Fonte: Folhapress


Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *