Mulher de desembargador é assaltada e tem arma colocada na cabeça

0
Compartilhar

O desembargador Luiz Gonzaga Brandão de Carvalho, do Tribunal de Justiça do Piauí, afirmou nesta sexta-feira (30) que a criminalidade está reinante em Teresina. O desembargador informou que sua mulher foi assaltada e submetida a maus tratos pelos bandidos, inclusive com risco da própria vida da vítima.

Brandão de Carvalho falou que sua mulher foi assaltada, humilhada e que os marginais colocaram revólver com gatilho armado em seu ouvido, além disso levaram veículo de sua propriedade com vários pertences.

Ela estava numa lavanderia da zona leste de Teresina quando foi surpreendida pela ação dos bandidos e não reagiu, mesmo assim foi submetida a uma série de agressões físicas e morais.

desembargador apelou aos magistrados piauienses para que fechem as portas da liberação de habeas corpus de bandidos perigosos, que atacam a dignidade e o patrimônio, além de colocar em risco a vida da pessoas.

Brandão de Carvalho fez apelo ao secretário de Segurança Rubens Pereira, que tem atuado como reserva do capitão da reserva e deputado federal Fábio Abreu, candidato a prefeito de Teresina pelo pl (Partido Liberal).

Ele disse que a Secretaria de Segurança deve melhorar e ampliar a frota de veículos para combate ao crime, inclusive com veículos que permitam adentrar espaços de difícil acesso, no sentido de garantir maior eficiência no combate ao que qualificou como “atletas do crime”.

O desembargador concedeu entrevista ao site Pauta Judicial, do jornalista e advogado Telsírio Alencar, quando declarou o seguinte: “Eu falo aqui é como um homem que integro o poder judiciário, que teve sua esposa assaltada e quase assassinada pela bandagem. Graças a Deus não mataram minha esposa.”

Logo após o crime, a mulher do desembargador se dirigiu à delegacia de polícia da área e encontrou apenas um soldado da PM/PI.

O desembargador afirmou, diante disso, que é difícil a população contar com segurança pública.

“Faço um apelo aos responsáveis pela pasta, coloquem viaturas nas ruas, coloquem policiamento ostensivo, a presença da polícia inibe a criminalidade, o povo não aguenta mais tamanho descaso com a nossa segurança”, acentuou o magistrado.

Luiz Gonzaga Brandão de Carvalho disse que existe uma verdadeira onda de crimes em Teresina e que os bandidos agem em plena luz do dia.

“Estamos vivendo um clima de terrorismo. Nossa segurança pública não existe, diante do que predomina a ação dos criminosos”, afirmou o desembargador, que já foi presidente do TJ/PI.

Da Redação
Com informações de Toni Rodrigues

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *