Morte de pedreiro em blitz da PRF em Picos será investigada pela Polícia Federal

0
Compartilhar

A Polícia Rodoviária Federal emitiu nota nesta quarta-feira (4) sobre a morte do pedreiro Jonilson Pereira, que foi morto após ter se esquivado numa blitz da PRF em Picos, no sul do Piauí.

O corpo de Jonilson foi encaminhado ainda com vida para o Hospital Regional Justino Luz (HRJL), vindo a óbito. Seu corpo foi encaminhado para a perícia em Floriano, já que esse procedimento não é feito e Picos.

Entenda o caso
O pedreiro, identificado por Jonilson Pereira, foi morto com dois disparos de arma de fogo no bairro Bomba, quando voltava para casa depois de um dia de trabalho. Ele teria tentado se esquivar de uma blitz da PRF. Jonilson foi encaminhado ainda com vida para o Hospital Regional Justino Luz (HRJL), vindo a óbito. Seu corpo foi encaminhado para a perícia em Floriano, já que esse procedimento não é feito e Picos.

Confira a nota íntegra da PRF
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) lamenta o desfecho da ocorrência policial registrada na noite desta terça-feira (02), na BR-316, em Picos/PI, que resultou no óbito do condutor da motocicleta envolvida na ação.

A Polícia Rodoviária Federal informa que as circunstâncias e procedimentos adotados na ação policial serão apuradas pelo órgão e reafirma seu zelo na proteção da vida de toda sociedade, nela incluída seus agentes. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal, em Teresina/PI.

Da Redação

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *