Morre o médico Noé Fortes em Teresina

0
Compartilhar

O médico Noé Fortes morreu na manhã desta quarta-feira (12) aos 75 anos de idade. Ele estava internado em um hospital privado de Teresina após ser submetido a uma cirurgia para tratar um problema gastrointestinal. Dr. Noé foi internado na noite da quinta-feira passada, com suspeita de abdome agudo, quando sentiu um mal-estar digestivo. Foi operado na manhã seguinte e saiu consciente da cirurgia.

Mas o quadro geral começou a evoluir para uma infecção generalizada por causa da contaminação sanguínea com o líquido da cavidade. Em consequência da piora do seu estado de saúde, teve que ser entubado. Até esse momento, ele ainda estava consciente e conversou com a mulher, a também médica Teresinha Fortes.

A família ainda não divulgou o local do sepultamento, mas por conta da pandemia de coronavírus, as solenidades fúnebres terão que ser restritas a familiares e amigos mais próximos.

A vida de Noé Fortes

Noé Fortes faleceu nesta quarta-feira em Teresina após complicações em consequência de uma cirurgia
Noé Fortes teve uma vida dedicada à medicina e ao serviço público no Piauí

Dr. Noé estudou medicina em Minas Gerais, onde conheceu a mulher e companheira de toda vida. No Piauí, ocupou vários cargos e funções. Foi professor da Universidade Federal do Piauí, diretor-geral do Hospital Infantil Lucídio Portela, diretor do Hospital Getúlio Vargas, presidente do Conselho Regional de Medicina, presidente da Associação Piauiense de Medicina, diretor do Centro de Ciências de Saúde da UFPI e secretário Municipal de Saúde da Prefeitura de Teresina.

O médico Noé Fortes

Dr. Noé Fortes formou-se em medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF – MG) em 1970. Fez residência médica em Pediatria no Hospital dos Servidores do Rio de de Janeiro em 1971.

Concluiu ainda outras cinco especialidades: Nefrologia Pediátrica, Emergências Pediátricas, Genética Clínica, Programação Neurolinguística (PNL) e Doenças Nervosas.

Cargos Públicos em Teresina

Em 2012, o médico Noé Fortes foi convidado pelo recém eleito prefeito Firmino Filho (PSDB) para comandar a Secretaria Municipal de Saúde de Teresina. Fortes se afastou em 2014 para tratamento de saúde em São Paulo.

Autoridades lamentam falecimento de Noé Fortes

O Prefeito Firmino Filho lamentou em sua conta no Twitter o falecimento do médico Noé Fortes. “Agradeço a vida e a história deixada pelo Dr Noé Fortes e dona Neide”, disse o Firmino

Conselho Regional de Medicina do Piauí divulga Nota de Pesar

Com imenso pesar, o Conselho Regional de Medicina do Piauí informa o falecimento do Dr Noé Fortes, por volta de 6h30 da manhã desta quarta-feira, no Hospital HTI, em Teresina. Dr. Noé Fortes era pediatra e foi professor do departamento de Medicina na UFPI. Atuante nas causas médicas, foi Predidente do CRM-PI, Presidente da Associação Piauiense de Medicina, Secretário Municipal de Saúde de Teresina, Diretor do Hospital Getúlio Vargas e do Hospital Infantil Lucídio Portela. Os conselheiros do CRM-PI prestam condolências aos familiares e amigos. Que possa o Dr. Noé Fortes encontrar a paz, tendo ele cumprido sua missão com muita dedicação e mérito.

Conselho Regional de Medicina

Governador Wellington Dias presta homenagem ao médico Noé Fortes em rede social

Recebi, há pouco, a notícia do falecimento do pediatra piauiense Noé Fortes, um dos grandes destaques da medicina do Piauí. Ele exerceu com maestria diversas funções públicas, como a direção do Hospital Getúlio Vargas e do Hospital Infantil Lucídio Portela, dando sua contribuição para o desenvolvimento do nosso Estado.

Meus sentimentos para a família e os amigos. O legado do Dr. Noé estará sempre presente na medicina e na história do Piauí.

Wellington Dias

Da Redação

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *