Menina de dez meses morre em hospital de Mosqueiro, em Belém, vítima de desnutrição

A criança deu entrada no domingo, 4, na unidade hospitalar em “estado grave de desidratação e desnutrição, constantes episódios de vômitos, tosse e roncos difusos”. Bebê de 10 meses morre em hospital de Mosqueiro vítima de desnutrição
A menina Tateana Barros de Lima, de dez meses de idade, morreu no hospital do distrito de Mosqueiro, em Belém, vítima de desnutrição.
Um boletim de ocorrência foi registrado nesta segunda-feira (5) na Seccional de Mosqueiro. O documento informa que a criança deu entrada no domingo (4) na unidade hospitalar em “estado grave de desidratação e desnutrição, constantes episódios de vômitos, tosse e roncos difusos”. A vítima morreu durante a madrugada desta segunda.
O caso já estava sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar. Segundo o conselheiro tutelar de Mosqueiro, Josenildo Almeida, indícios de maus tratos foram denunciados à Polícia. “Visivelmente a criança não estava bem, aparentando estar muito magra, desnutrida e desidratada, mas daí esperei uma decisão do médico”, afirmou. Segundo Almeida, “o médico disse que a criança já estava no estado grave, muito debilitada, e os técnicos já conseguiram de jeito algum aplicar medicamento na criança por ela estar muito fraca e debilitada, não conseguiram pegar a veia”.
A mãe da criança foi intimada e prestou depoimento à Polícia. Ela disse que a filha estava mal de saúde há algumas semanas, com vômito e diarreia, e que ela chegou a ser levada outras vezes para o hospital. A mãe disse ainda, que devido às poucas condições financeiras, não tinha como manter uma boa alimentação regular para a filha.
A Polícia informou que ainda investiga o caso e que não há indícios de maus tratos, mas sim de caso de extrema pobreza. Ainda segundo a Polícia, outros dois irmão da vítima e até os próprios pais das crianças estão subnutridos e recebendo acompanhamento médico.