Massacre racista de El Paso se volta contra Trump por encorajar o ódio aos hispânicos

A ideia perversa por trás do massacre de El Paso (Texas, EUA), no caso de se confirmar oficialmente a autoria do manifesto racista supostamente publicado por Patrick Crusius antes de agir, é de uma devastadora simplicidade: matar hispânicos para deter uma suposta invasão do país. O Ministério Público investiga o massacre como um ato de terrorismo e considera acusar o atirador de crime de ódio.

Seguir leyendo.