Marrony assina com o Atlético-MG por cinco anos de contrato

4
Compartilhar

As pendências burocráticas não existem mais, e Marrony é oficialmente jogador do Atlético-MG. O atacante de 21 anos, ex-Vasco, assinou um contrato de cinco anos com o Galo e é esperado nesta terça-feira em Belo Horizonte para exames médicos. O clube carioca e o presidente do mineiro, aliás, anunciaram de forma oficial o desfecho da negociação.

O GloboEsporte.com apurou alguns detalhes em relação à compra do jogador pelo clube mineiro, que tem a MRV Engenharia como forte parceira neste e em outros negócios. A construtora é a responsável integral pelo pagamento dos R$ 20 milhões, em valor acertado pelos clubes pela transação. O Atlético comprou 80% dos direitos econômicos. Há um bônus previsto para o futuro: quando Marrony completar 30 jogos pelo Galo, o clube precisa pagar mais R$ 1 milhão.

O Vasco anunciou ter vendido 56% dos direitos econômicos. Do valor total (contando o bônus de 30 jogos), cabe ao time de São Januário a importância de R$ 16,4 milhões – dinheiro a ser recebido à vista e que será destinado ao pagamento de salários atrasados. Dos 20%, o Vasco fica ainda com 14% – os outros 6% são do Volta Redonda.

A repactuação dos direitos fez com que a negociação tivesse um gatilho: o Atlético-MG tem até o início de 2023 para comprar os 20% restantes por 1,5 milhão de euros (R$ 8,7 milhões na cotação atual). Caso não opte até lá, tem a obrigação de o fazê-lo por 1 milhão de euros (R$ 5,8 milhões na cotação atual).

Antes da negociação, assim era a divisão dos direitos econômicos de Marrony: 70% do Vasco, 20% do Volta Redonda e 10% de um empresário.

Marrony é o terceiro jogador contratado pelo Atlético desde o início da pandemia. Antes, o clube também fechou com os volantes Léo Sena (ex-Goiás) e Alan Franco (ex-Independiente del Valle).

Fonte: globo.com
Foto: André Durão

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *