Marden pede retirada de urgência para tramitação da PEC da Previdência

O deputado Marden Menezes (PSDB) fez um apelo, hoje (5), ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho (MDB), para que seja retirada a urgência visando a tramitação da Proposta de Emenda Constitucional 03/2019 que trata da Previdência dos servidores estaduais. O orador disse que a PEC precisa ser debatida pelos parlamentares e sindicalistas e que a votação poderá ficar para fevereiro de 2020.

Marden Menezes advertiu aos servidores que precisam se mobilizar para barrar a urgência na tramitação da proposta e criticou o que chamou de incoerência dos deputados Francisco Limma (PT), líder do Governo, e Franzé Silva (PT) que chamaram de assassina a Reforma da Previdência do Governo Federal e agora defendem “uma reforma mais grave e temerária”.


O parlamentar do PSDB discordou da justificativa do líder do Governo de que a Reforma da Previdência precisa tramitar com urgência, assinalando que o Congresso Nacional deu prazo até o meio do próximo ano para que Estados e Municípios realizem as mudanças em seus regimes previdenciários. “Precisamos de tempo para debater a proposição com os servidores que apresentarão sugestões visando o seu aperfeiçoamento”, ressaltou Marden Menezes.

Fonte: Alepi


Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *