Kirk Douglas, ator de Spartacus, morre aos 103 anos

0
Compartilhar

O ator Kirk Douglas, que trabalhou em clássicos do cinema como Spartacus e A Montanha dos Sete Abutres, morreu hoje. A informação foi confirmada pelo seu filho, o também ator Michael Douglas, em um comunicado enviado à revista norte-americana People. A causa da morte não foi revelada. “É com tremenda tristeza que meus irmãos e eu anunciamos que Kirk Douglas nos deixou hoje aos 103 anos. Para o mundo, ele era uma lenda, um ator da era de ouro dos filmes que viveu bem em seus anos dourados, um humanitário cujo compromisso com a justiça e as causas que ele acreditava estabeleceram um padrão para que a gente tente alcançar”, completou.

“Mas para mim e meus irmãos, Joel e Peter, ele era simplesmente pai, para Catherine [Zeta-Jones], um maravilhoso sogro, para seus netos e bisnetos, um avô amoroso, e para sua esposa Anne, um marido maravilhoso”, lamentou ainda Michael. “Deixe-me terminar com as palavras que eu disse a ele em seu último aniversário e que sempre permanecerão verdadeiras: pai, eu te amo muito e tenho muito orgulho de ser seu filho”, concluiu o ator.

Carreira

Nascido em 1916 em Nova York, Kirk Douglas apareceu em algumas peças da Broadway na década de 1940, e se alistou na Marinha em 1941. Mesmo voltando para o teatro após alguns anos, o ator conheceu o estrelato no cinema, onde trabalhou em 75 filmes. Sua primeira indicação ao Oscar foi em 1949 por O Invencível. Ele ainda receberia mais duas indicações ao prêmio máximo do cinema: Assim Estava Escrito (1952) e Spartacus (1960), o grande papel de sua carreira, dirigido por Stanley Kubrick. Foi Douglas quem bancou o roteirista Dalton Trumbo, que na época estava na “lista negra de Hollywood”, cuja intenção era boicotar comunistas. “Foi um momento tão terrível e vergonhoso”, disse Dougla.

Com informações da AFP

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *