Kim Jong-un faz primeira aparição pública em 20 dias, diz agências

0
Compartilhar

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, fez sua primeira aparição pública em 20 dias, noticiou hoje a agência sul-coreana Yonhap. A rede americana CNN chegou a noticiar que Kim estava em estado grave de saúde após uma cirurgia.

Segundo a Reuters, a agência estatal norte-coreana KCNA noticiou que Kim participou de evento para marcar a conclusão de uma fábrica de fertilizantes em uma região ao norte da capital, Pyongyang.

A Reuters, no entanto, não pôde verificar independentemente a informação da KCNA.

A última aparição de Kim Jong-un foi em 11 de abril. Ele não compareceu às festividades de aniversário de seu avô e fundador do regime norte-coreano, Kim Il-sung, o que despertou rumores sobre seu estado de saúde.

Após a ausência nas comemorações, especulou-se que ele estaria se protegendo do novo coronavírus, mas, na última segunda, o correspondente Brian Stelter, da “CNN”, divulgou que ele estaria internado “em estado grave”.
A fonte, segundo Stelter, seria uma descoberta do Departamento de Inteligência dos Estados Unidos. O governo norte-americano não confirmou oficialmente a informação.

Depois, uma correspondente da rede de televisão norte-americana “NBC”, Katy Tur, chegou a publicar em seu Twitter que o ditador havia sofrido morte cerebral, mas apagou a publicação pouco depois.

Ontem, Trump se negou a comentar o estado de saúde do líder norte-coreano. “Bem, eu sei o que está acontecendo… Apenas não posso falar sobre isso agora, espero que tudo fique bem. Mas tenho uma boa noção da situação, sim”, disse.

Imagens de satélite reveladas nesta semana sugeriam que Kim poderia estar em estância litorânea.

Na terça-feira, o site de monitoramento NK PRO relatou que imagens de satélites comerciais mostraram que barcos usados frequentemente por Kim realizaram movimentos em padrões que levam a crer que ele ou seu séquito pode estar na área de Wonsan.

O relato veio após uma reportagem da semana passada de um projeto de monitoramento sediado nos Estados Unidos, o 38 North, que disse que imagens de satélite revelaram o que se acredita ser o trem pessoal de Kim estacionado em uma estação reservada para seu uso na casa de verão de Wonsan.

Fonte: Folhapress
Foto: Divulgação

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *