Isolamento social fica em 41,9% na segunda-feira em Teresina

0
Compartilhar

O índice de isolamento social voltou a cair na capital piauiense, registrando 41,9% nesta segunda-feira (20). O número foi o mais baixo observado nas últimas duas semanas, com exceção apenas da sexta dia 17, que marcou 38,2%. As informações são da startup InLoco, que faz o georreferenciamento de smartphones em cidades de todo o território nacional. Os dados apontam ainda que Teresina, que havia apresentado a melhor taxa de isolamento entre as capitais do país no último domingo, ficou em quinto lugar nesta segunda-feira.

Ainda nesta segunda (20), teve início a segunda etapa da Fase 1 do processo de reabertura da economia em Teresina. Voltaram a funcionar os setores de concessionárias, vendas de peças e automotivo, utilizando o sistema de delivery ou drive-thru. Os setores que estão autorizados a retomar suas atividades devem obedecer aos protocolos de segurança, com redução de trabalhadores, carga horária reduzida, uso da máscara e testagem dos funcionários, além de outras regras voltadas tanto para trabalhadores, como para os clientes.

O levantamento da startup também mostra o percentual de isolamento social por zonas da cidade. A região que mais respeitou as determinações para ficar em casa foi a zona centro-norte, com um índice de 43,01%, seguida da região sul, com 42,07%. Em terceiro lugar ficou a leste, com 41,9%, e por último ficou a zona sudeste, uma das mais populosas de Teresina, com um percentual de 39,77%.

Os bairros que mais respeitaram o isolamento social em Teresina foram o Cabral (51%), Novo Uruguai (50,05%), São João (50%), Angélica (48,3%), Jacinta Andrade e Horto (ambos com 48,1%), e Parque Jacinta (48%). Já os bairros que apresentaram os menores percentuais foram Parque Juliana (23,1%), Socopo (32%), Recanto das Palmeiras (35,73%), Novo Horizonte (36,47%) e Cristo Rei (36,5%).

O prefeito Firmino Filho reforçou a importância de manter o isolamento e seguir todos os protocolos e medidas de segurança no momento atual. “Estamos avançando na reabertura da cidade e precisamos ter consciência sobre o compromisso de cada um para que Teresina não sofra uma nova onda de contaminação pelo vírus. Mantenham os hábitos de higiene e de proteção como uso de máscaras, ficar em casa sempre que possível e utilizar esses serviços apenas quando necessário. Cumprir o isolamento social é estritamente necessário para que possamos avançar e não retroceder nas fases de abertura da cidade”, alertou.

Da Redação
Fonte: Ascom/PMT

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *