Isolamento social cai nesta segunda-feira em Teresina e fica em 46,8%

0
Compartilhar

A semana iniciou com queda no índice de isolamento social em Teresina. Na segunda-feira (4), o valor registrado foi de apenas 46,8%, o mais baixo dentre os quatro primeiros dias de maio. O feriado de 1º de maio contou com um percentual de 56,8% enquanto os dias 2 e 3 marcaram 57,7%, números bem maiores que o do dia 4. Esta segunda-feira também se mostrou abaixo do registrado na segunda da semana anterior, que marcou 50,6%.

Os dados são da startup InLoco, que atua em parceria com a Prefeitura fazendo o georreferenciamento de smartphones na cidade. Os números registrados em Teresina continuam distantes dos 73%, percentual mínimo necessário para conter o avanço do novo coronavírus segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Também de acordo com os dados da startup, a região da cidade com melhor isolamento foi a zona leste, com índice de 48,5%, seguida da centro-norte com 47,13%. A zona sudeste registrou um percentual de 45,64%, um número ligeiramente maior que o da zona sul, com 45,46%, que marcou o pior índice de isolamento social entre as regiões de Teresina.

Os bairros com melhor desempenho nas taxas de isolamento foram Jóquei (53,4%), Ininga (52,9%), Frei Serafim (51,8%), Morada do Sol (51,4%) e Fátima (50,97%). Já os bairros que apresentaram os percentuais mais baixos foram Monte Verde (40,8%), Santo Antônio (41,05%), Vale do Gavião (42%), Parque Jacinta e Matadouro (ambos com 42,1%).

O isolamento social ainda é a principal ferramenta de combate à Covid-19. Dados do Ministério da Saúde apontam que Teresina possui a menor curva de evolução dos casos do novo coronavírus entre as capitais do Nordeste, um reflexo das ações adotadas precocemente pela Prefeitura da cidade para reforçar o isolamento.

“Conseguimos desacelerar a disseminação do vírus com as medidas restritivas que adotamos lá atrás. Com isso, as pessoas começam a sentir uma falsa sensação de segurança e quebram o isolamento. Nossos índices estão caindo e os casos da Covid-19 aumentando. Temos que conscientizar a população de que o que nos mantém seguros e saudáveis é ficar em casa”, aponta o prefeito Firmino Filho. Em Teresina já são 540 casos confirmados da doença, com 14 óbitos.

A Prefeitura de Teresina segue adotando medidas restritivas para conter aglomerações de pessoas e assim diminuir o contágio pelo novo coronavírus em toda a capital. Uma das mais recentes é a suspensão do serviço de transporte público da capital, que vai atender apenas os trabalhadores dos serviços essenciais que utilizam cartão eletrônico. Não será aceito, em nenhum caso, pagamento da passagem em dinheiro.

Fonte: Ascom/PMT

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *