Internos do CEM iniciam rebelião e fazem educador de refém

0
Compartilhar

Internos do Centro Educacional Masculino (CEM) iniciaram uma rebelião por volta de meio-dia desta quinta-feira (27). Um grupo de adolescentes em conflito com a lei teria subido no teto do local e danificado parte da estrutura, ateando fogo em alguns materiais. Segundo agentes que trabalham no local, a rebelião aconteceu depois do banho de sol.

Os internos solicitaram a presença de representantes dos Direitos Humanos e da Vara da Infância e da Juventude. A Força Tática da Polícia Militar conseguiu controlar a situação por volta das 14h30. O Corpo de Bombeiros também esteve no local.

“As alas que os detentos estavam foram quebradas além de alguns deles terem tocado fogo. Só a doutora Elfrida Belleza vai dizer se os envolvidos serão transferidos para outro local”, disse o agente Jorge Fernando à imprensa.

Ainda conforme o funcionários, um educador foi mantido refém, mas foi liberado sem ferimentos. Os internos teriam iniciado a rebelião devido reclamações de maus-tratos. Ainda não há informações sobre quais pavilhões estão envolvidos na rebelião.

Da Redação

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *