Governo retoma licitação da PPP das Miniusinas de Energia Solar

5
Compartilhar

O processo de licitação da Parceria Público-Privada (PPP) que prevê a construção e gestão de oito miniusinas de energia solar fotovoltaicas em cidades piauienses foi retomado pela Superintendência de Parcerias e Concessões do Estado (Suparc). A sessão de licitação está marcada para o dia 20 de julho, às 9h, no Auditório da Seadprev, seguindo todos os protocolos sanitários previstos para evitar o contágio da Covid-19.

A superintendente da Suparc, Viviane Moura, explica que a licitação foi adiada por causa da pandemia e do decreto estadual que determinava a suspensão de atividades não essenciais para o cumprimento do distanciamento social. “É um projeto inovador e premiado nacionalmente que vai possibilitar que a Administração Pública estadual se torne autossuficiente na geração de energia. Mas ele também foi afetado pela pandemia e tivemos que fazer alguns ajustes para se adequar a essa nova realidade”, diz a gestora.

As alterações no projeto serão explicadas em uma sessão de esclarecimentos adicionais que será transmitida exclusivamente pela internet, por meio do canal do Governo do Piauí no YouTube, no dia 2 de julho, a partir das 9h.

A expectativa é que a PPP das Miniusinas resulte em uma economia de R$ 7 milhões por ano nos gastos do Estado com energia elétrica, que, atualmente, custam cerca de R$ 44 milhões. Segundo o projeto, as oito miniusinas  terão capacidade de produção de 5Mw cada. Essa geração será injetada na rede da concessionária de energia elétrica e será implantado um sistema para gerenciar e compensar a energia produzida e a consumida pela administração estadual. A previsão total de investimentos da iniciativa privada é de cerca de R$ 175 milhões.

Apesar de ainda nem estar em operação, o projeto das Miniusinas de Energia Solar já é destaque nacional pelo pioneirismo. O projeto foi escolhido como a segunda melhor modelagem de PPP do país em 2019, no PPP Awards & Conference Brazil, o principal evento do setor no país.

O presidente executivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Rodrigo Sauaia, também comentou o pioneirismo da PPP das Miniusinas, durante uma transmissão ao vivo pela internet. “O projeto avançando no Piauí serviria de referência para outros usos de energia solar em PPP”, afirmou o dirigente.

O edital de licitação e todas as informações do projeto estão disponíveis no site www.ppp.pi.gov.br.

Fonte: CCOM

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *