Governador do Pará, Helder Barbalho, está com novo coronavírus

0
Compartilhar

O governador do Pará, Helder Barbalho, informou nesta terça-feira (14) por meio das suas redes sociais que está com covid-19. Segundo o governador, parte da equipe que o acompanha já havia testado positivo para a doença.

Barbalho fez um exame no último sábado (11) e o resultado tinha dado inconclusivo. Ele fez também uma contra-prova que havia sido negativa, mas havia a recomendação médica de que refizesse o exame hoje e esse resultado foi positivo para covid-19.

Apesar de estar com a doença, o governador afirmou em vídeo publicado nas suas redes sociais que seu estado de saúde é bom, que ele não apresenta sintomas e pediu que a população fique em casa e siga as recomendações de isolamento social. Barbalho disse que sua mulher e filhos estão bem e que desde a última sexta-feira (10) ele trabalha de casa.

“Este vírus é extremamente contagioso, ele não escolhe idade, ele não escolhe classe social. Todo mundo está exposto e todo mundo pode pegá-lo. Por isso faço um apelo a você. Fique em casa e vamos juntos vencer o Coronavírus”.

Rio de Janeiro

Na tarde de hoje, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, também anunciou que testou positivo para o coronavírus. A informação foi divulgada na rede social do governador  Em um vídeo postado no Twitter, Witzel explica que começou a sentir os sintomas na última sexta-feira e decidiu fazer o teste.

“Quero comunicar a todos que desde sexta-feira não venho me sentindo bem e pedi para que fosse feito o teste para o covid. Hoje veio o resultado positivo. Tive febre, dor de garganta, perda de olfato. Graças a Deus estou me sentindo bem e continuarei trabalhando aqui do Palácio Laranjeiras, mantendo as restrições e as recomendações médicas. Tenho certeza de que vou superar mais esta dificuldade”, disse Witzel.

Ao final da gravação, o governador ainda fez um apelo para a população do Rio de Janeiro continuar em isolamento: “Pode contar comigo, todo o povo fluminense. Vou continuar trabalhando. E eu peço, mais uma vez, para que fiquem em casa. Porque a doença não escolhe ninguém e o contágio é rápido”.


Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *