Gilmar Mendes nega ação de Eduardo Bolsonaro contra CPMI das Fake News

1
Compartilhar

O mostro Gilmar Mendes do STF negou um mandato de segurança do deputado federal Eduardo Bolsonaro que tentava impedir judicialmente a prorrogação da CPMI das Fake News.

Eduardo Bolsonaro queria que o Supremo impedisse a prorrogação da comissão que investiga a disseminação de notícias falsas. Eduardo aumentou que a CPMI seria tendenciosa e parcial.

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *