Firmino veta a obrigatoriedade de álcool gel nos ônibus de Teresina

0
Compartilhar

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB) vetou o Projeto de Lei nº 75/20, de autoria do vereador Dudu (PT), que previa a instalação de dispensadores de álcool em gel no interior de veículos coletivos que trafegam no município de Teresina.

O projeto havia sido aprovado por unanimidade pelos vereadores teresinenses em sessões do plenário, durante as votações em primeiro e segundo turno.

Na última quarta-feira (5), a maioria dos vereadores de Teresina mantiveram o veto do prefeito Firmino Filho.

O prefeito Firmino Filho afirmou por intermédio de sua assessoria que vetou o uso de álcool-gel por motivos de segurança.

“O prefeito Firmino Filho vetou a lei que previa a obrigatoriedade de disponibilizar dispenser de álcool em gel 70% no interior dos ônibus do transporte público da capital por questões de segurança. Há relatos de que o frasco, ao ser submetido a altas temperaturas, pode deformar, havendo risco de vazamento dentro do veículo, com possibilidade de combustão, o que colocaria em risco a vida dos trabalhadores e usuários do transporte público da capital. Estudos apontam que um carro fechado exposto ao Sol forte pode atingir temperaturas de até a 50 graus Celsius, condição que seria propensa à explosões”, explica.

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *