Firmino Filho adia reabertura da economia e contraria decreto de Wellington Dias

0
Compartilhar

O prefeito Firmino Filho (PSDB) afirmou nesta quarta-feira (8) em videoconferência que irá editar um decreto estendendo a próxima fase da flexibilização de 13 de julho para 20 de julho, por conta das aglomerações observadas no Centro da capital e portante, o adiamento da reabertura da economia. De acordo com o chefe do Executivo municipal de Teresina, há muitas lojas funcionando clandestinamente, o que tem prejudicado a estratégia de reabertura das atividades não essenciais.

A justificativa de Firmino filho para adiar a reabertura da economia em Teresina

“O que vimos no Centro e estamos vendo hoje, fiquei horrorizado, as pessoas acham que voltou a vida normal e não é verdade, a Prefeitura já aumentou a fiscalização no Centro, porque esse desrespeito em massa prejudica toda nossa estratégia, somos forçados a fazermos também o congelamento deste processo, tínhamos nesta primeira fases duas etapas, na semana que vem teríamos outras empresas relacionadas com veículos, e hoje mesmo vamos fazer um decreto postergando para o dia 20. Não podemos colocar a vida da população em risco, principalmente pelo desrespeito de meia dúzia das pessoas, principalmente na zona central”, destacou.

Firmino Filho adia mais uma vez a flexibiliação da economia em Teresina
Regras permanecem rídigas até o dia 20 de julho com novo decreto de Firmino Filho

O posicionamento do prefeito Firmino Filho de congelar a flexibilização da economia em Teresina do dia 13 para o dia 20 julho vai de encontro o decreto do governador Wellington Dias, que já definiu as fases para o retorno das atividades comerciais do Piauí, que iniciaram na última segunda-feira (6), com setores da construção civil, serviços de saúde, máquinas e equipamento automotores.

Da Redação

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *