FIEPI: Pesquisa mostra início de recuperação da indústria piauiense

0
Compartilhar

A Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI) divulgou resultado de pesquisa realizadas com industriais nos 4 meses de 2020 que correspondem ao período da pandemia do novo coronavírus. Todos os indicadores revelam uma tendência de recuperação.

Apesar da amostra ter um número razoável de indústrias, o volume das empresas em funcionamento nos meses de março a junho permaneceu reduzido. As medidas restritivas dos Governos estadual e Municipal só permitiram no período o funcionamento de atividades essenciais (saúde, segurança e abastecimento) para a contenção da pandemia decorrente da Covid-19.

De acordo com a pesquisa embora em Teresina e na maioria dos municípios tenham permanecido os protocolos de restrição já se percebe uma leve melhora nos indicadores da indústria. A estabilidade do volume de produção em comparação com o mês anterior, que era de 11,5% em março e 14% em abril, passou de 21,7% em maio para 36,1% em junho.

O nível de utilização da capacidade instalada em relação ao usual também teve aumento significativo no último mês passando de 23,3% em maio para 32,8% em junho. O nível de emprego, mesmo com percentual de queda ainda significativo (27,9%) teve sua estabilidade mantida em 60,7% em junho.

Este cenário embora com resultados muito abaixo da média dos meses anteriores à pandemia mostra que o setor está tentando retomar a sua normalidade.

“Se observarmos as perspectivas para os próximos 6 meses o indicador de Demanda por Produtos que previa aumento de 25% em maio passou para 44,3% em junho e as compras de matéria prima também tiveram um acréscimo percentual no aumento de 20% para 36,1% no mesmo período. Até mesmo a perspectiva de aumento no número de empregados demonstrou um certo otimismo passando de 8,3% em maio para 13,1% em junho”, explica o diretor de Assuntos Econômicos da FIEPI, Freitas Neto.

Fonte: Ascom/Fiepi

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *