Estação interativa sobre o ciclo da água é inaugurada em Teresina

1
Compartilhar

Teresina ganhou, nesta terça-feira (4), um espaço interativo sobre o ciclo da água. A Estação Fonte do Saber – Antônio de Passos Nunes Rocha está localizada na Estação de Tratamento de Água Sul (ETA – Sul). O espaço conta com ambiente similar ao de um laboratório de ciências, com atividades lúdicas e interativas. O objetivo é ampliar a educação ambiental e contribuir para a formação de cidadãos mais conscientes.

A solenidade contou com a presença do governador Wellington Dias; do presidente da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina (Arsete), Edvaldo Marques, que representou a Prefeitura de Teresina; familiares do engenheiro homenageado, Antônio de Passos Nunes Rocha (in memoriam), entre outras autoridades.

Com o tema “Da água que usamos à água que esgotamos: cuidando da saúde do planeta”, a Estação Fonte do Saber apresenta os principais processos pelos quais passa a água, desde a retirada dos mananciais, o uso e o seu retorno à natureza. O espaço também mostra os fenômenos que ilustram o comportamento da água em diversas situações, além de suas principais características.

gua5

“A Águas de Teresina traz com esse espaço uma contribuição cultural e social importante, mas, principalmente, de conscientização, trazendo conceitos às vezes desconhecidos por muitos sobre o valor da água e sua relevância para a vida, para a natureza. Ao entregar esse espaço, a Águas de Teresina mostra uma preocupação social, além daquilo que é próprio das empresas”, destacou o governador Wellington Dias durante a solenidade.

gua1

O diretor-presidente da Arsete, Edvaldo Marques, ressaltou a importância de fazer um resgate sobre a história do saneamento na cidade e da contribuição cultural que o espaço proporcionará aos visitantes. Ele também avaliou os serviços da concessionária. “Nós acompanhamos esse trabalho e posso dizer, pela agência de regulação e pelo município, que estamos satisfeitos com o trabalho da empresa. Trago o nosso reconhecimento pois temos visto, não só os diretores, mas também dos colaboradores da Águas de Teresina, o trabalho com compromisso, determinação e qualidade na prestação do serviço”.

A Estação do Saber possui dois espaços. O primeiro mostra um globo terrestre com a presença da água no planeta, além da vila do saneamento, onde são explicadas as diferenças entre as redes de água tratada, esgoto e de água pluvial. Por meio das instalações científicas, a ideia é criar uma atmosfera intrigante e acolhedora para que os visitantes tenham uma experiência única. O espaço conta com uma série de equipamentos que remetem à história da água na vida da humanidade e também aos processos utilizados durante o tratamento do esgoto.

gua2

Os visitantes também conhecerão a estação de geração de energia elétrica, constituída por quatro bicicletas geradoras, sendo uma adaptada para cadeirantes. Quando acionadas, as bicicletas gerarão energia suficiente para acionar as bombas que levarão água até as caixas d’água dos prédios. A ideia é tornar evidente o alto consumo de energia nas unidades de tratamento de água e esgoto.

Já a área externa traz atrações interativas, a exemplo de uma réplica do aqueduto de Teresina e uma casa com o circuito hidráulico aparente, desde a entrada da casa até a saída para a rede de esgoto simulada. Assim, as crianças conhecerão os vazamentos mais comuns e seus impactos no consumo, despertando a consciência para o uso correto da água e como acompanhar o consumo através do hidrômetro. Outra atração são as conchas acústicas, através das quais os visitantes podem se comunicar a uma distância de até 80 metros.

“A Estação Fonte do Saber vem complementar o propósito de tornar Teresina uma referência em saneamento básico. Nós entendemos que devemos investir massivamente na educação dos cidadãos do futuro através do uso adequado da água”, frisou o diretor-presidente, Cleyson Jacomini.

O espaço é aberto ao público e a entrada será gratuita.

Sobre o homenageado
Antônio de Passos Nunes Rocha, que dá nome à Estação Fonte do Saber, integrou por décadas o quadro de colaboradores da Águas e Esgotos do Piauí, tendo ocupado o cargo de diretor de operações. Quando a Águas de Teresina assumiu os serviços na capital, Rocha, como era carinhosamente conhecido, prestou serviços de consultoria e contribuiu de forma valiosa em vários projetos, especialmente pelo conhecimento adquirido ao longo dos anos trabalhando no setor de saneamento básico. Rocha faleceu em dezembro de 2018.

Agende a sua visita
As escolas interessadas deverão agendar a visita de seus alunos através do site www.estacaofontedosaber.com.br. Após escolher o dia e o horário de interesse e preencher os dados de contato, a Águas de Teresina enviará um e-mail para o solicitante, confirmando a disponibilidade.

A escola, então, deverá enviar os dados completos dos alunos que participarão da visita. O transporte dos alunos ficará sob responsabilidade da escola.

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *