Emerson Fittipaldi aponta governo e Globo como responsáveis por falta de brasileiros na Fórmula 1

0
Compartilhar

Caminhando para a terceira temporada sem a presença de um piloto brasileiro no grid, a Fórmula 1 não tem perspectiva de uma nova representação do país na categoria e afeta o futuro do automobilismo brasileiro.

Muitos apontam culpados, em especial, os pilotos que marcaram história nas pistas da F1. Um deles é Emerson Fittipaldi. Em entrevista ao ‘UOL’, o ex-piloto criticou o governo brasileiro e, em especial, a Rede Globo pela falta de investimento na ‘base’ do esporte.

  • O brasileiro, infelizmente, os empresários, o governo brasileiro, a própria Globo, não investiram o que tinha que investir no esporte de base, que é o kart, uma fórmula, um turismo. Esqueceram. Então não tem nenhum brasileiro na F1. Na América Latina, só tem o Sergio Perez (piloto Mexicano) -, afirmou.

Emerson voltou a criticar a emissora, questionando a falta de investimento da Globo, mesmo com os lucros com transmissões da categoria há décadas no país.

  • A Globo é quem tem o maior benefício até hoje com a Fórmula 1. Quanto a Globo ganhou até hoje com a Fórmula 1? Você sabe que o projeto de maior benefício para a Globo todo ano é a Fórmula 1. Ganharam muito dinheiro e nunca investiram na base. Agora falam: ‘Cadê o piloto brasileiro?’ Não investiu, não tem -, finalizou.

O último piloto a competir na maior categoria automobilística do mundo foi Felipe Massa, em 2017.

Com informações do Lance

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *