Dinheiro desviado na operação Topique daria para comprar 250 ônibus escolares, afirma PF em coletiva

0
Compartilhar

A Polícia Federal concedeu coletiva nesta segunda-feira (27) para detalhar a 3ª Fase da Operação Topique, deflagrada para investigar recursos do transporte escolar na Secretaria de Educação do Piauí – Seduc.

Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão no município de Teresina (PI) e em Brasília (DF). As ordens foram expedidas pela Justiça Federal no Piauí. Estão sendo cumpridos mandados na Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e na residência da ex-secretária de Educação, Rejane Dias (PT).

A deputada federal Rejane Dias é alvo da nova fase da Topique por ter sido gestora da Seduc no período investigado pela operação. Foram cumpridos mandados na residência e no gabinete da parlamentar. A PF também confirmou que pessoas ligadas à Rejane também foram alvo de busca e apreensão.

A superintendente da Polícia Federal no Piauí, delegada Mariana Paranhos Calderon, afirmou que a terceira fase da operação Topique investiga os crime de corrupção ativa, passiva e organização criminosa, lavagem de dinheiro e crimes de licitação praticados no âmbito da Secretaria de Educação.

“O esquema criminoso investiga agentes público da alta cúpula da Seduc, que associados a empresários do setor de locação de veículos, desviaram recursos públicos federais do Fundeb e do Penad. Estima-se por baixo que mais de R$ 50 milhões foram desviados, o que seria suficiente para aquisição de 250 ônibus escolares”, explica

Confira a coletiva

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *