Centro vai atender pessoas com sequelas da Covid-19 em Parnaíba

0
Compartilhar

O Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) e da Secretaria de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid), inaugurou, nesta segunda-feira (19), o Centro de Reabilitação para pessoas com sequelas da Covid-19.

“Em um quadro pós-Covid-19, nós temos detectado sequelas pulmonares e neurológicos e, para tratar dessas sequelas, instalamos, no Centro Especializado em Reabilitação (CER IV), Centro de Reabilitação para pessoas com sequelas da Covid-19. É um passo importante para Parnaíba e para o Piauí, já que amplia a nossa rede de atendimento”, destaca o governador Wellington Dias.

A unidade vai funcionar na sede do recém-construído Centro Especializado em Reabilitação de Parnaíba, que faz parte da Rede de Cuidados à Pessoas com Deficiência do Piauí e vai atender a população dos Territórios de Desenvolvimento da Planície Litorânea e dos Cocais.

“Esse é um espaço que vai dar à população esperança e garantir a reabilitação. Neste Dia do Piauí, as Planícies Litorânea e Cocais recebem um serviço de nível mais elevado, para o atendimento e recuperação das vítimas da Covid-19”, enfatiza o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

O centro foi instalado seguindo as determinações do Ministério da Saúde, que orienta que os serviços de reabilitação deverão o

“Inicialmente teremos o atendimento das pessoas com sequelas do Covid-19, em seguida o centro trabalhará em toda a sua plenitude atendendo à população. Dessa forma, as pessoas dessa região não terão que se deslocar para outros municípios em busca dos serviços do CER, garantindo, assim, mais comodidade para todos”, destaca a deputada federal Rejane dias.

O Centro de Reabilitação para as pessoas com sequelas da Covid-19 visa prestar uma assistência com qualidade, enfatizando, entre outras ações, a reabilitação clínica funcional, contribuindo decisivamente para a melhoria da qualidade de vida e integração social dessas pessoas.

“Serão oferecidos serviços de reabilitação visual, auditiva, física e intelectual. O centro conta com uma equipe multiprofissional e tem capacidade de atendimento para 900 usuários por mês”, lembra o secretário Florentino Neto.

A unidade vai atender a população de 33 municípios dos Territórios de Desenvolvimento Planície Litorânea e Cocais. “Para receber o atendimento, o paciente deve ser regulado pelas equipes da Atenção Básica de cada município, em seguida passará por uma avaliação no centro, que vai decidir qual o tratamento mais adequado para o tipo de sequela. Os atendimentos começam em novembro, após a seleção da equipe de profissionais”, explica o superintendente de Atenção à Saúde e Municípios da Sesapi, Herlon Guimarães.

Fonte: CCOM

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *