Cascata fica cor-de-rosa com corante que identifica ligações irregulares, em Ponta Grossa

Caso aconteceu nesta segunda-feira (5); Sanepar disse que começou a inspeção das redes coletoras da região para identificar a origem do lançamento irregular de esgoto. Ligações irregulares de esgoto deixam cascata cor-de-rosa em Ponta Grossa
Uma cascata ficou cor-de-rosa nesta segunda-feira (5) com corante que identifica ligações irregulares, em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná.
O local começou a ser revitalizado porque estava cheio de mato e entulhos e, de acordo com a prefeitura, servia de esconderijo para usuários de drogas.
Na semana passada, foram retiradas 15 toneladas de lixo, e nesta segunda-feira começaria a etapa de jardinagem para o local virar uma praça, com bancos, iluminação e flores. Porém, a Secretaria de Serviços Públicos viu que a água da cascata estava com essa coloração – o que indica poluição de esgoto.
A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) usa o corante rosa nas fiscalizações. O produto é jogado nos banheiros e cozinhas para saber se a população fez a ligação correta com a rede de esgoto. Caso o produto apareça em outro lugar, como na cascata, significa que moradores estão poluindo a água pluvial e os arroios.
Por meio de nota, a Sanepar disse que já começou a inspeção das redes coletoras da região da cascata para identificar a origem do lançamento irregular de esgoto e que, até agora, foram localizadas irregularidades nas ruas Ermelino de Leão e Joaquim Nabuco.
Na terça-feira (6), será feita manutenção e limpeza dessas redes. Além disso, a Sanepar alerta ainda que os clientes que lançam esgoto na galeria de água da chuva podem ser autuados pela vigilância sanitária, e inclusive pagar multa.
Ligações irregulares de esgoto deixam cascata cor-de-rosa, em Ponta Grossa
Reprodução/RPC
Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.