Candidatos dão a largada para eleições municipais de 2020 em Teresina

0
Compartilhar

Nesta segunda-feira (14) foi dada a largada para uma competição eleitoral que saberemos o ganhador no dia 15 de novembro. PSDB, PSC PSD, PSTU PCO e PROS já realizaram suas convenções e estão a caça de votos em todas as plataformas digitais (esta eleição não permite aglomeração por conta da pandemia e a internet será o diferencial).

O PSDB coloca em campo Kleber Montezuma e o ex-vereador R.Silva (Progressista). Como sabemos, Montezuma faz parte da gestão tucana desde à época da gestão Wall Ferraz, sendo que se destacou como secretário de Educação, conseguindo várias premiações para Educação de Teresina. O que pesa contra sua candidatura é o fato de ter pavio curto e o desgaste da gestão que administra a capital há mais de 30 anos.

O PSC, quando todos esperam a escalação de Walter Alencar como titular, o partido lançou Gessy Fonseca à prefeitura de Teresina. Uma empresária da Região do Grande Dirceu, que vem com um discurso de empreendedorismo na sua campanha. O que torna sua candidatura complicada é o fato de ser novata em campanhas eleitorais.

O PSD escalou Simone Pereira para concorrer à Prefeitura de Teresina. Ex-secretária de Agronegócio do governo Wellington Dias, entra na campanha com a tutela dos deputados Júlio César e Georgiano Neto. Simone Pereira já realiza um trabalho nos bairros da zona Leste de Teresina. Agora, com a campanha, saberemos se tem densidade eleitoral ou não.

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) entra na peleja eleitoral com Gervásio Santos, tendo com vice o professor da UFPI, Egmar Júnior. A chapa chega com o discurso de estatização, principalmente do setor de transporte na capital. O partido optou por não lançar candidato a vereador e fará sua campanha nas plataformas digitais. Gervásio Santos é irmão do candidato do PSDB, Kleber Montezuma. Será que veremos um embate de irmão contra irmão? Vamos aguardar.

O Partido da Causa Operária (PCO) chega para o jogo eleitoral com a professora Lourdes Melo. E a candidata elegeu um alvo que não vai disputar a eleição municipal, que é o presidente da República, Jair Bolsonaro. O slogan do partido é ‘Fora, Bolsonaro’.

O PROS entra na partida eleitoral com Fábio Sérvio, que agora se diz preparado para o desafio de administrar Teresina. Ex-candidato a governador em 2018, Sérvio prega uma renovação na política com novas ideias. Fábio Servio chega nesta campanha com um discurso contundente contra a gestão do PSDB na capital, ressaltando que seguirá com humildade, coragem e preparo.

O MDB e o PSOL realizam suas convenções nesta terça-feira (15). O MDB oficializa Dr. Pessoa e Robert Rios (PSB), sendo que o PSOL vai homologar as candidaturas de Lucineide Barros à Prefeitura de Teresina, e Cyntia Falcão a vice-prefeita.

O PL realiza convenção nesta quarta-feira (15) e vai escalar o deputado federal Fábio Abreu, que tem uma pouca ação parlamentar, pois exerceu o cargo de secretário de Segurança por mais de seis anos.

Teresina terá um novo gestor a partir de 1º de janeiro de 2021, pois nenhum candidato exerceu cargo de prefeito .Esperamos que a campnha seja propositiva, com boas ideias e de um bom embate entre os candidatos.

Orlando Dias
Da Redação

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *