Câmara de Florianópolis prorroga por mais 90 dias CPI sobre transporte coletivo

Comissão pediu mais tempo para conclusão. Objetivo da CPI é investigar licitação que gerou concessão e apurar valores das tarifas. Ônibus em Florianópolis.
Prefeitura de Florianópolis/Divulgação
A Câmara de Vereadores de Florianópolis votou pela prorrogação por mais 90 dias da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostas irregularidades no transporte coletivo de Florianópolis. A votação ocorreu nesta quinta-feira (5). Os parlamentares da comissão pediram mais tempo para continuar as investigações, conforme a Câmara.
A CPI foi instalada em 11 de fevereiro com o objetivo de investigar o processo licitatório que gerou a concessão da operação dos ônibus e apurar os valores das tarifas.
O pedido para prorrogar o prazo da conclusão da comissão foi feito em 10 de julho, antes do recesso parlamentar. Nesta segunda, ocorreu a primeira sessão na Câmara após essa parada no calendário.
Os trabalhos da CPI continuam nesta quinta (8), quando serão ouvidos o atual secretário de Transportes e Mobilidade Urbana de Florianópolis, Michel Mittmann, e o secretário-adjunto da pasta, Marcelo Roberto da Silva.
Veja mais notícias do estado no G1 SC