Botafogo vira sobre o Athletico-PR



O Botafogo venceu o time reserva do Athletico-PR, neste domingo, no Nilton Santos, por 2 a 1, em jogo válido pela 14ª rodada do Brasileirão. O resultado, de virada, foi construído com intervenção do VAR. O árbitro Douglas Marques das Flores marcou pênalti de Pedro Henrique em Lucas Campos após consultar o vídeo – ele anteriormente havia anulado gol de Carli com a ajuda da tecnologia. As duas decisões foram consideradas corretas por Paulo Cesar de Oliveira, comentarista da Central do Apito, da TV Globo. Diego Souza, então, converteu a penalidade e determinou a vitória do time da casa. Luiz Fernando fez o outro gol depois de Thonny Anderson ter aberto o placar. O Furacão ainda reclamou de dois pênaltis, um em Braian Romero e outro em Madson.

Apesar de uma escalação reserva, apenas com Lucho González de titular em campo, o Athletico-PR partiu para cima do Botafogo. Nos primeiros 30 minutos de jogos, empilhou chances de gol. Abriu o placar com Thonny Anderson. O Botafogo, até então disperso, entrou na partida na base do jogo físico e de cruzamentos para a área. Empatou com Luiz Fernando, ainda antes do intervalo, após cruzamento no qual Diego Souza confundiu a marcação – o goleiro Caio ainda saiu mal. A etapa final foi aberta, com os dois times buscando o segundo gol. Gatito, com duas gandes defesas, garatiu o 2 a 1 construído com gol de Diego Souza, de pênalti.


Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *