Bom Jesus terá superintendência da Caixa Econômica Federal

O Piauí receberá uma nova superintendência da Caixa Econômica Federal, que será instalada na cidade de Bom Jesus, sul do Estado. O anúncio foi feito pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, que esteve reunido em Brasília com o senador Elmano Férrer (Podemos) e o prefeito de Bom Jesus, Marcos Elvas.

Para o senador piauiense, a nova superintendência será de fundamental importância para um melhor crescimento da região sul do Piauí. “Isso demonstra o reconhecimento da Caixa pelo potencial que temos no nosso Estado, principalmente na região dos Cerrados. Tenho certeza que a nova superintendência irá contribuir de forma significativa para o desenvolvimento da região. Agradecemos ao presidente Pedro Guimarães por sempre ter uma atenção especial com o povo piauiense”, disse Elmano Ferrer.

A cidade de Bom Jesus é um polo do Matopiba, uma região produtora de grãos que engloba áreas no Piauí, Bahia, Tocantins e Maranhão. Na oportunidade, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, deu um prazo entre 60 e 90 dias para instalação da unidade e confirmou que irá ao município para a inauguração da nova superintendência, que deve acontecer no mês de dezembro, período de comemoração do aniversário da cidade.

A instalação da nova superintendência Executiva de Varejo (SEV) em Bom Jesus faz parte do processo de restruturação que vem sendo desenvolvido pela instituição federal. O prefeito de Bom Jesus, Marcos Elvas, pontua que a presença da nova unidade será um instrumento fundamental para alavancar ainda mais o desenvolvimento da região. “É mais um elemento que se soma para engradecer ainda mais Bom Jesus como um polo regional”, afirmou Elvas.

O prefeito de Bom Jesus ressaltou a importância da atuação do senador Elmano Férrer, Segundo ele, o senador piauiense “foi em busca com todo o empenho para que fosse possível mostrar a potencialidade do sul do Estado”.

Fonte: Ascom


Comments

  • URGENTE – DELAÇÃO DE LÉO PINHEIRO DEVE SER MAIS UMA FARSA PARA BLINDAR O STF.

    Demoraram tanto pra homologar essa delação, e cerceou tanto o delator que é bem capaz que ele sob pressão só esteja autorizado por acordos nos porões das cortes do podre poder extra oficialmente e espúrios a falar só essa lenga-lenga de Lula, sitio e Guarujá. Quando sabemos que Léo Pinheiro subornou e corrompeu Juízes Desembargadores e Procuradores em especial no MPE-RJ nos Tribunais do Rio de Janeiro, de Justiça e de Contas. Que subornou e deu propina nas Receita Municipal, Estadual e Federal, fez aportes criminosos nos três poderes da republica para manter o esquema do Pedágio Linha Amarela impune ate hoje por meio da LAMSA e INVEPAR que sustenta políticos e outras autoridades com um mensalinho generoso. Será que ele esta autorizado a falar sobre isso, pra falar da propina de Guiomar Mendes repassada de dentro do escritório de Sergio Bermudes a Cesar Maia. Será que vai poder falar das fraudes a licitação desse fatídico pedágio em avenida, que trabalha com recibos falsos, que sonega e comete estelionatos, que superfatura as compras de asfalto na usina do município, que cria obras ilusórias que nunca fez e cobra e recebe por elas, que usa Prossegur para estocar e depois transportar até o Galeão e embarcar clandestinamente seus recursos não contabilizados para destino ignorado pela receita, esse crime permanente que vem sendo cometido desde 1994. Será que ele vai contar que ministros do STF fazem parte desse esquema, que com ajuda do DEM alterou e viabilizou projetos de lei para beneficiar essas e outras fraudes, que ele de tão cretino e bandido usou a vida toda um nome que não é nem um apelido, é uma fraude intencional, pois como um José Aldemario empresário laranja da OAS se apresenta no mundo dos negócios como Léo Pinheiro para acobertar seus golpes no Brasil e no mercado internacional. Será que vão deixa-lo falar dos golpes nos fundos de pensão, na corrupção aos generais da Transolimpica em parceria com Gedel e Jacks Wagner, do porque o Bozo colocou seu genro na presidência da Caixa Econômica fonte principal dos seus golpes junto com Bendine no Banco do Brasil no sistema financeiro, negociando títulos podres da OAS-LAMSA com aval desses e garantia do Tesouro Nacional em Dubai, Portugal, França, Cuba e outras dezenas de países. Ou só esta autorizado a falar desse reme-reme de Luladrão e sua quadrilha !? (LuizPCarlos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *