Bolsonaro critica governo do Piauí por não conceder licença ambiental a empresário australiano

Em live numa rede social na noite desta quinta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro criticou o governo do Piauí por não conceder licença ambiental para um empresário australiano investir em mineração no estado. O presidente afirmou que o empresário está há três anos tentando conseguir uma licença ambiental num estado mais pobre do Brasil.

“Hoje teve um grande empresário australiano conversando comigo da área da mineração. Ele está querendo explorar vanádio no Piauí, o estado mais pobre do Brasil. O penúltimo é o Maranhão e o Piauí é o mais pobre. O empresário está lutando há três anos para conseguir uma licença ambiental e não consegue”, afirma.

De acordo com o presidente Bolsonaro, o empresário está a ponto de desistir do empreendimento por conta da demora em liberar a licença ambiental

“O governador é quem indica o secretário do Meio Ambiente. Agora, a visão dessas pessoas é tacanha. O método que ele quer explorar o vanádio não tem qualquer agressão ao meio ambiente. Mas o secretário do governador não consegue essa licença ambiental. Ele está a ponto de desistir do empreendimento”, lamenta.

Bolsonaro criticou os governadores do Nordeste que aproveitam o baixo poder aquisitivo da população para comprar votos.

“Afinal de contas, esses estados governado por petistas, quanto mais desinformado for o povo, quanto menor for o poder aquisitivo, quanto menos instrução tiver, mais fácil é de se perpetuar no poder. Vai comprar voto com alguns projetos assistencialistas. Infelizmente, isso é uma grande verdade”, finaliza.

Sobre o vanádio
O vanádio geralmente é usado como aditivo, importante para fabricação de instrumentos cirúrgicos. Misturado com alumínio em ligas de titânio para motores de jato e células de alta velocidade. Serve ainda para fabricação de baterias recarregáveis e ímãs supercondutores.

O outro lado
A Secretaria de Estado de Meio Ambiente Recursos Hídricos do Piauí enviou nota à Redação do Diariopiaui.com afirmando que nunca recebeu solicitação de licenciamento para exploração de vanádio como foi mencionado em rede social pelo presidente Jair Bolsonaro na noite de ontem (17).

De acordo com a nota, o que consta nos registros do órgão é somente uma solicitação de autorização para que a empresa Riverbank Resources Mineração Ltda procedesse atividades de “investigação geotécnica, destinadas a subsidiar a formulação dos trabalhos básicos e fundamentais para a definição de viabilidade técnica e econômica de exploração de fosfato”. A solicitação foi concedida, mas está vencida desde 23/03/2017.

A Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Piauí destaca ainda que a concessão de licenças ambientais seguem com rigor os trâmites pertinentes ao procedimento, atendendo todas as exigências legais inerentes ao controle ambiental. No caso em específico, reiteramos que empresa citada solicitou apenas a licença para pesquisa e sondagem, não dando sequência para os estudos. Caso a empresa renove o pedido, o mesmo será atendido como foi feito anteriormente.

Estas autorizações estão vinculadas às solicitações constantes no processo Semar n° AA.130.1.011069/14 de 22 de outubro de 2014.


Da Redação


Comments

  • Aí eu me pergunto.
    Quem iria ganhar mais com essa concessão
    O Piauí que como dizem é o estado mais pobre ou o empresário?
    Dizer que o Piauí é pobre é fácil
    Difícil mesmo é ver as riquezas que o estado possuí
    Temos o menor litoral, porém um dos mais belos . O delta do Parnaíba único em nosso país, possui espécimes raras como o cavalo marinho negro, possuí a opala mais valorizada do mundo
    Inúmeras plantações no sul desse mesmo estado miserável sem falar no povo que mais contribuiu para o desenvolvimento desse país abandonando suas próprias casas para buscar sonhos de melhorias pois vivem esquecidos em meio a tanta ganância e cobiça do homem
    Pobre mesmo é o preconceito de pessoas que pensam que vivemos em miséria comendo xiqui-xique e macambira que passamos fome e cede
    Existe sim uma ma distribuição de renda em nosso estado e e tão fácil de ser notada.
    Basta andar na capital do estado e ver a quantidade de carros novos e importados que trafeguão nela. Possuindo uma das maiores frotas do pais.

  • Daniel Sousa, Você dizer: basta andar na capital e ver os carros novos e importado… por acaso você já foi nas áreas remotas, áreas precarias, meio do mato sem água, luz, energia, certão??? Crianças que vão para escola com os pés no chão, sem uma havaiana para calçar-se, escolas que as vezes também nem tem chão, você sabia? Pessoas que usam cavalos para puxar a terra para plantas, cavalos magros sem força, também com fome assim como o dono, você sabia disso? Onde estou aqui, vi isso ontem acontecendo em vários lugares, pessoas que estão plantando um pouquinho de feijão e milho para comer dele durante o ano, isso se chover, então, se você não estiver comendo xique xique e macambira, de graças a Deus pois estás numa situação bem melhor e privilegiada. Não fale oque não sabe, se não quiser ajudar, não atrapalhe quem tem a intenção de ajudar, de que adianta o Piauí ser lindo e ter tantas riquesas e o povo passando necessidades e o povo que digo não é você nem seus amigos, são áreas que você não deve conhecer, pois se conhecesse, jamais diria oque disse acima!
    Eu acredito sim que uma grande empresa instalada na região do Piauí, que trará emprego para mais de 2.5 mil pessoas diretas e outras tantas mil indiretas, fora economia, aeroporto, e outras milhares de coisas que estariam movimentando através de uma Mineradora e uma Grande Siderurgia seria sim um milagre na vida de muitos que na verdade querem trabalhar porém o emprego não existe, eu creio em uma ajuda lá de cima, tanto do céu quanto do governo seja ele estadual, federal, Presidente Jair Bolsonaro, para que essa empresa se instale sim e para que o povo do Piauí tenha os mesmo direitos que todos os cidadãos brasileiros de qualquer estado do Brasil, direito mínimo que não é nenhum favor, que as crianças, aquelas que te falei dos pés no chão, aqueles que te falei que puxam os cavalos, não você, você deve estar bem, mas essas pessoas, elas sim tenham um futuro digno!

  • Daniel Sousa, Você dizer: basta andar na capital e ver os carros novos e importado… por acaso você já foi nas áreas remotas, áreas precárias, meio do mato sem água, luz, energia, certão??? Crianças que vão para escola com os pés no chão, sem uma havaiana para calçar-se, escolas que as vezes também nem tem chão, você sabia? Pessoas que usam cavalos para puxar a terra para plantas, cavalos magros sem força, também com fome assim como o dono, você sabia disso? Onde estou aqui, vi isso ontem acontecendo em vários lugares, pessoas que estão plantando um pouquinho de feijão e milho para comer dele durante o ano, isso se chover, então, se você não estiver comendo xique xique e macambira, de graças a Deus pois estás numa situação bem melhor e privilegiada. Não fale oque não sabe, se não quiser ajudar, não atrapalhe quem tem a intenção de ajudar, de que adianta o Piauí ser lindo e ter tantas riquesas e o povo passando necessidades e o povo que digo não é você nem seus amigos, são áreas que você não deve conhecer, pois se conhecesse, jamais diria oque disse acima!
    Eu acredito sim que uma grande empresa instalada na região do Piauí, que trará emprego para mais de 2.5 mil pessoas diretas e outras tantas mil indiretas, fora economia, aeroporto, e outras milhares de coisas que estariam movimentando através de uma Mineradora e uma Grande Siderurgia seria sim um milagre na vida de muitos que na verdade querem trabalhar porém o emprego não existe, eu creio em uma ajuda lá de cima, tanto do céu quanto do governo seja ele estadual, federal, excelentíssimo Presidente Jair Bolsonaro, oque for necessário para que essa empresa se instale sim e para que o povo do Piauí tenha os mesmo direitos que todos os cidadãos brasileiros de qualquer estado do Brasil, direito mínimo que não é nenhum favor, que as crianças, aquelas que te falei dos pés no chão, aqueles que te falei que puxam os cavalos, não você, você deve estar bem, mas essas pessoas, elas sim tenham um futuro digno!

    • Os últimos dados do IBGE , órgão oficial do governo federal aponta o Maranhão como o estado mais pobre do Brasil. E aponta São Luís, como capital mais pobre e Teresina como a terceira capital mais pobre do Brasil. De onde o presidente Bolsonaro tirou essa informação? Acreditar que a empresa australiana quer se implantar no Piauí para fomentar o desenvolvimento do estado é história para bolsominions acreditar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *