Bahia confirma primeiro caso de coronavírus no estado; país agora tem 9

1
Compartilhar

A Sesab (Secretaria de Saúde da Bahia) anunciou na manhã desta sexta-feira (6) o primeiro caso importado de coronavírus no estado —agora o 9º registro no país. Trata-se de uma mulher de 34 anos que mora na cidade de Feira de Santana, a 109 km de Salvador.

Segundo a pasta, ela se contaminou na Itália e manifestou os sintomas da infecção após retornar ao Brasil, no dia 25 de fevereiro. A paciente está em casa em isolamento e não apresenta sintomas da doença.

“A paciente contaminou-se na Europa e veio manifestar os sintomas depois de ter chegado ao Brasil. Isso é diferente de haver uma contaminação interna no estado e, portanto, todas as medidas de contenção para garantir que não houve a contaminação de outras pessoas foram e estão sendo tomadas pela vigilância estadual, municipal e Núcleo Regional de Saúde Leste”, informou, por meio do Twitter, o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas.

Segundo o secretário, todas as medidas de contenção para garantir que não haja contaminação de outras pessoas foram e estão sendo tomadas.

O monitoramento é realizado pelo Cievs (Coordenação de Informação e Investigação Estratégica de Vigilância em Saúde) e Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana.

Na mensagem, o secretário diz que, apesar da confirmação do primeiro registro da Covid-19 na Bahia, não há qualquer motivo para pânico.
“Esse é um vírus que causa quadro gripal, assim como diversos outros já existentes. Em verdade é até menos letal que o H1N1.”

Estado notificou 73 casos suspeitos
Em nota, a Sesab informou que, de janeiro até as 17 horas de ontem, a Bahia registrou 73 casos notificados com suspeita clínica de infecção pelo novo coronavírus. Destes, 21 foram excluídos por não se enquadrarem no protocolo do Ministério da Saúde, 29 acabaram descartados laboratorialmente e 23 aguardam análise laboratorial.

Os municípios notificantes foram Camaçari, Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna, Jacaraci, Jequié, Lauro de Freitas, Lençóis, Salvador, Sant Cruz Cabrália, Teixeira de Freitas, Tucano e Vitória da Conquista.

De acordo com a pasta, esses números representam notificações oficiais compiladas pelo Cievs-BA (Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia) em conjunto com os Cievs municipais.

“Ressalta-se que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação”, diz o comunicado da Sesab.

Um novo boletim atualizado será divulgado às 17 horas de hoje.

Fonte: Folhapress

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *