Artigo: Socorro Claudino: sucesso até no céu

3
Compartilhar

Foi-se a matriarca SOCORRO CLAUDINO, esposa do empresário mais poderoso e rico do PIAUÍ, com tentáculos BRASIL afora. Partiu para as esferas celestiais, sem levar um botão do imenso império de inúmeras empresas prósperas, sob a batuta do bordão “ARMAZÉM PARAÍBA, SUCESSO EM QUALQUER LUGAR”.

Sábia SOCORRO, sobre cuja riqueza fugaz alicerçou valores cristãos que a ferrugem do tempo não corrói. Juntamente com o seu esposo JOÃO CLAUDINO, cidadão de poucas letras, mas de vara mágica para prosperar em qualquer negócio que lhe pinta. O CASAL nunca resvalou para o exibicionismo e ostentação da RIQUEZA barganhada.

Tudo de matéria permanece aqui, desfaz-se na história do tempo. A implacável gravidade da TERRA não permite levar um centavo para o MUNDO SOBRENATURAL. Só vai o ESPÍRITO, esculpido na academia das virtudes. Feliz quem, nesta vida saltitante de prazeres alcançados, sabe malhar na ACADEMIA DO ESPÍRITO, os músculos das virtudes. Exercita caminhadas em busca da verdadeira SABEDORIA, aspira oxigênio da PAZ, levanta o peso dos mais fracos, regula os TEORES dos sentimentos nobres, controla o APEGO ao material, segue rígida DIETA de amor à FAMÍLIA e FIDELIDADE a DEUS.

SOCORRO, exercício de espiritualidade na PARÓQUIA DE FÁTIMA. FALECEU aos 74 anos, vítima de CÂNCER, aos 21 de setembro de 2011. Seu amigo e vigário, PADRE TONY BATISTA, resumiu a biografia cristã de SOCORRO CLAUDINO:

PARA MIM NÃO FOI UMA AMIGA, MAS UMA GRANDE IRMÃ EM TODOS OS MOMENTOS

NÃO ERA UMA AMIGA DE DAR COISAS PRA MIM. JÁ NÃO PRECISO TANTO, MAS DE AJUDARMOS A TANTOS OUTROS.

DIARIAMENTE, PARTICIPAVA DA EUCARISTIA, OU EM FÁTIMA OU NOUTRAS IGREJAS.

NÃO ERA “PIEGAS” EM NADA.

NÃO CHAMAVA ATENÇÃO SOBRE SI MESMA. VIVIA NUMA GRANDE SIMPLICIDADE. NUNCA SE OSTENTAVA NEM FALAVA DE MODO ARROGANTE.

NÃO CHAMAVA ATENÇÃO NAQUILO QUE FAZIA, E FAZIA MUITO POR AÍ AFORA

NÃO ANDAVA COM SEGURANÇA, MAS COM O SEU MOTORISTA FIEL, O SR. ANTONIO

NÃO AJUDAVA SOMENTE PORQUE ALGUÉM PEDIA, MAS AVALIAVA AS COISAS E NÃO SE DEIXAVA ENGANAR

ERA MUITO SERVIDORA NA IGREJA, NA FAMÍLIA DELA, AOS MUITOS PADRES (NA FAMÍLIA DO JOÃO, MUITO MAIS)

ELA TEM UM IRMÃO PADRE EM SALVADOR: PE. EDMÍLSOM MACEDO. HOMEM BOM E FIEL A DEUS E À IGREJA

VEJO A SOCORRO COMO UMA MULHER DE DEUS. JAMAIS UMA PEDANTE, ORGULHOSA, VAIDOSA PORQUE ERA RICA.

JAMAIS A SOCORRO ANDOU BUSCANDO APARECER NAS CRÔNICAS SOCIAIS. SE APARECIA, ERA PELAS SUAS QUALIDADES.

NÃO TENHO DÚVIDA, AMIGO, QUE PERDI UMA AMIGA.

Eis o sentido da pobreza em espírito bíblico: dispor dos bens com as mãos escancaradas para o bem. Até as portas celestiais abrir-se-ão de bênçãos. SOCORRO foi conferir. Bote o olho no bordão: “SUCESSO EM QUALQUER LUGAR”. Até no céu.

José Maria Vasconcelos
Cronista
[email protected]

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *