Após 13 anos no SBT, Maisa Silva se demite para estudar fora do país

0
Compartilhar

Contratada do SBT desde 2007, Maisa Silva está de saída da emissora de Silvio Santos. A apresentadora anunciou seu desejo de não renovar o seu contrato, que vence neste mês. Ela pretende fazer intercâmbio e se dedicar a novos desafios profissionais –a estrela teen também é atriz e influenciadora digital, com 35 milhões de seguidores no Instagram.

Após a oficialização de sua saída, Maisa se pronunciou em seu Twitter e agradeceu o carinho dos fãs. “Estou recebendo mensagens muito carinhosas e do fundo do meu coração, eu não esperava. Tive muito medo do que iam pensar, mas també m segui firme com minha decisão pois tive amparo da minha família e do SBT pra seguir meus sonhos e trilhar meu caminho.”

O Notícias da TV apurou com fontes no SBT que a situação da jovem era complicada. Silvio Santos não gostava do Programa da Maisa, que ela comandava todos os sábados desde março do ano passado. A atração tinha uma linguagem adolescente, tentando se escorar no sucesso da apresentadora com o público da internet.

O talk show continuava no ar porque era um sucesso comercial. Marcas como Coca-Cola, Unilever, Chiquinho Sorvetes e Magazine Luiza anunciavam no semanal –a rede de lojas, inclusive, desembolsou R$ 1 milhão para aparecer no programa.

Mesmo sem o apreço do patrão, a decisão de não renovar o contrato partiu da própria Maisa. Ela tem acordo com a Netflix para estrelar projetos na plataforma de streaming, e também expressou o desejo de estudar fora. Para se dedicar à vida no exterior, precisará dar um tempo na agitada carreira no Brasil –comandar um programa semanal seria impossível.

O fim do contrato foi amigável, e a apresentadora deve continuar aparecendo em atrações do SBT. Ela é embaixadora virtual do Teleton e tem uma boa relação com outros contratados da emissora e é muito querida por profissionais de bastidores.

Confira o comunicado do SBT:
“O SBT informa que, após 13 anos de emissora, a apresentadora Maisa comunicou a emissora sobre a não renovação de seu contrato, que vence em outubro. Foi uma decisão muito difícil, mas a apresentadora sai pela porta da frente e com imensa gratidão a toda a família Abravanel e todos os profissionais que participaram de sua jornada durante esse período onde cresceu e se desenvolveu como artista, apresentadora e influenciadora.

A decisão foi tomada por conta de novos projetos pessoais e profissionais que Maisa tem vontade de fazer. Sua parceria com a emissora continua através do Teleton e participações especiais nos programas da casa, como Programa Silvio Santos, Domingo Legal, projetos digitais, entre outros. Será o início de um novo ciclo na vida de Maisa. A diretoria e todos os colegas do SBT desejam à apresentadora ainda mais sucesso e realizações em seus novos caminhos.”

Na TV desde os três anos
Maisa Silva foi descoberta aos três anos, em 2005, quando participou de um quadro de calouros do Programa Raul Gil, então na Record. Dois anos depois, foi contratada pelo SBT, onde apresentou os programas Sábado Animado, Domingo Animado e Bom Dia & Cia. A apresentadora mirim também dividiu o quadro Pergunte à Maisa com Silvio Santos, no Programa Silvio Santos.

Ela chamou a atenção e viralizou na internet com suas tiradas espontâneas, em um momento em que “viralizar” ainda nem era uma expressão tão conhecida. Frases como “meu querido, eu sou cantora” e as conversas que tinha com as crianças que ligavam para os matinais chamavam a atenção.

Em 2011, Maisa interpretou Valéria Ferreira na refilmagem da novela Carrossel. Estreou no cinema em Carrossel: O Filme (2015), participando também da sequência, Carrossel 2: O Sumiço de Maria Joaquina. Em 2016 fez sua segunda novela, Carinha de Anjo, e no mesmo ano publicou o livro Sinceramente Maisa, que conta sua trajetória.

Em 2017 voltou aos cinemas na adaptação para as telonas do livro Tudo Por um Popstar. No mesmo ano publicou mais dois livros: O Diário de Maisa e O Livro de Tweets da +A.

Maisa também estrelou Cinderela Pop (2018), na pele da protagonista, Cintia Dorella, e no longa Ela Disse, Ele Disse interpretou sua primeira vilã, Júlia.

Fonte: Folhapress
Foto:Divulgação

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *