Abel segue sem convencer e pode cair na quinta-feira

1
Compartilhar

A situação do Vasco na temporada 2020 se agravou no último sábado (29) com mais um tropeço da equipe comandada pelo técnico Abel Braga. O desempenho do Cruz-Maltino até aqui no ano não está sendo considerado bom. O time sofreu para eliminar o Oriente Petrolero da Bolívia na primeira fase da Copa Sul-Americana e também teve que se desdobrar para passar pelo Altos do Piauí na primeira fase da Copa do Brasil. Soma-se a isso a precoce eliminação na fase de grupos da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca.

A diretoria mantém absoluto silêncio sobre a situação do treinador, mas a pressão sobre o comandante aumentou ainda mais após o empate por 1 a 1 com o Resende, no último sábado, no Raulino de Oliveira. Com o resultado, a equipe começou mal a luta por um lugar nas semifinais do segundo turno do Estadual.

“Empenho não faltou, né? Teve que correr muito porque jogou errado,” analisou Abel após a partida.”E vou dizer uma coisa, sinceramente, o empate ficou barato. Foi realmente uma atuação muito abaixo,” admitiu o comandante.

Os jogadores, que convivem com salários atrasados, estão com rendimento muito abaixo do esperado e o treinador tem sido incapaz de dar um padrão de jogo à equipe, mesmo após dispor de mais de uma semana livre de jogos para treinar. A diretoria, com pouco dinheiro, quer evitar despesas inesperadas com uma demissão e um novo treinador.

Nesta quinta-feira, o Vasco recebe o ABC-RN no Maracanã, pela segunda fase da Copa do Brasil. Em formato de jogo único, em caso de empate haverá decisão por pênaltis. Uma derrota significará a eliminação da equipe da competição nacional e pode selar de vez o destino de Abel à frente do time.

Fonte: gazetaesportiva.com

Postagens Relacionadas
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *